E cá estamos, mais uma vez, anunciar o trabalho de um grande artista português a trabalhar para uma das duas grandes editoras da indústria de comics norte-americana!

Apesar de já não ser o artista principal de uma série, como se sucedeu com Avengers A.I., Spider-Verse (vol. 2) e, mais recentemente, com Black Panther: Long Live the King, André Lima Araújo continua a embelezar as páginas da Marvel, desta vez, numa série onde já tinha participado, Ben Reilly: Scarlet Spider.

O 18.º número, o primeiro de duas partes desenhadas por André Araújo, foi distribuído no passado dia 16 nos EUA. A série continua com Peter David como argumentista e este número em particular conta com Rachelle Rosenberg como colorista.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Aqui ficam duas páginas e os lápis de algumas vinhetas prévias à colorização e legendagem (clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão):

Eis a sinopse da editora:

MYSTERIO swore to Ben Reilly that he was on the straight and narrow, and Quentin Beck thought he was retired… until his DAUGHTER blew into town.

And the SCARLET SPIDER is the only one who can get between “MYSTERIA” and her big score.

It’s not money she’s after… but a strange and powerful artifact.

 Let’s just say that Mysteria really puts the “magic” in magician!