A Nuvem é um livro com texto de Rita Canas Mendes e ilustrações de João Fazenda, editado pela Pato Lógico. Baseando-se na capacidade humana de atribuir significados a tudo, Mendes coloca os mais diferentes sectores da sociedade a teorizar sobre a razão que leva uma nuvem a permanecer dia após dia ao longo de uma estrada.

Fazenda utiliza a página dupla para expandir o azul do horizonte, uma vez substituído por uma bucólica noite e duas outras vezes pelo amarelo da plena discórdia. O traço não se atém a pormenores, de modo a não roubar demasiado protagonismo à nuvem, cuja forma nem sequer dá azo a grandes interpretações representativas – nenhum leitor conseguirá vislumbrar coelhos ou elefantes naquelas partículas de água condensadas na atmosfera.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis o trailer do livro:

Eis a sinopse da editora:

Certo dia, o vento desapareceu e uma nuvem instalou-se no céu, mesmo por cima de uma estrada. E assim permaneceu, estática, dias a fio. O fenómeno depressa chamou a atenção de toda a gente. Seria milagre, prenúncio de catástrofe ou somente poluição? As teorias multiplicaram-se, e a discórdia não tardou. Até que, um dia, a desconcertante ordem natural das coisas acabou por se impor… Este texto alegórico de Rita Canas Mendes, que se estreia assim no formato do álbum ilustrado, oferece ao leitor uma oportunidade para reflectir sobre os tempos modernos.

Rita Canas Mendes nasceu em 1984, em Lisboa (onde vive), e cresceu no Estoril (para onde gostaria de voltar um dia). Estudou Filosofia na Faculdade de Letras, com ênfase na Estética e na Filosofia da Arte, e tem uma pós-graduação em Edição – Livros e Novos Suportes Digitais, pela Universidade Católica. Em 2005, começou a trabalhar no mundo dos livros (Europress, Texto & Grafia, Antígona, Grupo Almedina) e desde 2011 que se dedica, em regime independente, às áreas de consultoria, tradução literária, edição de texto, copy e ghostwriting. As suas missões têm-na levado de Angola ao mundo da alta-cozinha. Pelo meio, tem feito formações de curta-duração sobre livro ilustrado e tipografia, que lhe permitiram explorar novos caminhos. É autora de um guia prático sobre o meio editorial (Como Publicar o Seu Livro). A Nuvem é o primeiro livro que publica com o Pato Lógico.

João Fazenda nasceu em 1979, em Lisboa. Vive e trabalha entre Londres e a cidade natal. Começou muito novo a colaborar com fanzines de banda desenhada e andava no secundário, entre aulas e bandas rock, quando o seu primeiro livro de banda desenhada foi publicado. Mais tarde, começou a fazer ilustração para livros e jornais. O seu trabalho divide-se atualmente entre a ilustração, o desenho, a banda desenhada e o cinema de animação: colabora regularmente com a imprensa nacional e estrangeira (Público, Visão, The New Yorker e The New York Times), ilustra livros para todas as idades, capas de livros e discos, cartazes de cinema e campanhas institucionais, e aventurou-se pelo cinema, tendo realizado algumas curtas metragens de animação. O seu trabalho foi exposto e premiado um pouco por todo o mundo. Venceu o Prémio Nacional de Ilustração 2015 e o World Illustration Awards (no mesmo ano), na categoria de livros. Na Pato Lógico, é autor de Dança, da coleção Imagens Que Contam, e fez as ilustrações para os livros Fernando Pessoa. O Menino Que Era Muitos Poetas, da colecção Grandes Vidas Portuguesas, Atento ao Medicamento e Ilha dos Diabretes, da coleção Geração Saudável.

A Nuvem
Rita Canas Mendes & João Fazenda
Editora: Pato Lógico
Páginas: 32
Formato: 21 x 28 cm
Encadernação: capa dura
ISBN: 978-989-99998-5-5
PVP: 13,90€