Chega hoje às bancas o décimo e último volume da Colecção Bonelli, intitulado “Dylan Dog – Os Inquilinos Arcanos”. É o segundo volume da coleção dedicado à personagem Dylan Dog. Após A Saga de Johnny Freak, chega-nos um volume a cores, que recolhe três histórias curtas: Os Inquilinos Arcanos, A Grande Nevada e Bailando com um Desconhecido.

Os Inquilinos Arcanos, da autoria de Tiziano Sclavi e Corrado Roi, foi originalmente publicada em 3 partes em 1990 e 1991 nos números 63, 72 e 79 da revista Comic Art, sendo a primeira aparição do protagonista com uma camisa branca, ao invés da vermelha.

A Grande Nevada, da autoria de Luigi Mignacco e Enrique Breccia, foi originalmente publicada na revista Dylan Dog Color Fest #8 em 2012. Por seu turno, Bailando com um Desconhecido é da autoria de Barbara Baraldi e Nives Manara, publicada em 2017 em Dylan Dog Color Fest #20.

Todas as 3 histórias curtas deste livro, o terceiro álbum de Dylan Dog editado em Portugal num espaço inferior a 1 ano, são editadas pela primeira vez em língua portuguesa.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Depois da publicação de Mater Morbi na colecção Novelas Gráficas da Levoir, nesta colecção voltamos a poder desfrutar de mais duas maravilhosas edições nacionais de uma obra de enorme relevância para a credibilização da BD enquanto literatura.” – Filipe Melo

Dylan Dog é um investigador do oculto que resolve crimes e mistérios sobrenaturais. Neste volume a cores, Dylan investiga os estranhos fenómenos que afectam um edifício em Londres, assombrado por presenças inquietantes, numa história em três partes, Os Inquilinos Arcanos, assinada por Tiziano Sclavi, criador da série. Nas outras duas histórias curtas representativas das diferentes abordagens possibilitadas por este herói, um estranho nevão assinala o início de uma invasão extraterrestre numa bela homenagem a El Eternauta, ilustrada por Enrique Breccia, de quem a Levoir editou A Vida do Che. A fechar, uma história assinada por duas mulheres, Barbara Baraldi e Nives Manara (a irmã do mestre do erotismo, Milo Manara), bem reveladora da dimensão feminina de Dylan Dog, uma série de que muitas fãs e leitoras se tornam também autoras.

nota: imagens cedidas pela editora.

Outras Leituras