O terceiro volume da 4.ª coleção Novela Gráfica da Levoir com o Público é a obra O Fantasma de Gaudí, de El Torres e Jesús Alonso Iglesias. Originalmente publicada em Espanha em 2015 pela Dibbuks, ganhou o Prémio de Melhor Livro de Autor Espanhol no Salón del Cómic de Barcelona 2016 e está nomeado para o Prémio Eisner de Melhor Romance Gráfico Estrangeiro, cujo vencedor será revelado em Julho na Comic Con de San Diego.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Gaudí ficou no início do século XX preso numa visão do mundo que ia para além dos convencionalismos, e é precisamente esse espírito que agora foi compreendido e recuperado habilmente nesta banda desenhada.
– Javier Serra, jornalista e escritor (único espanhol no Top 10 Best Seller New York Times)

A cidade de Barcelona serve de pano de fundo para O Fantasma de Gaudí. Antonia, uma empregada de supermercado, salva um idoso de ser atropelado e a partir desse momento desencadeia-se uma série de terríveis acontecimentos. As jóias arquitectónicas do artista catalão Antoni Gaudí passam a converter-se num enorme pesadelo para o inspector da polícia Jaime Calvo, quando em lugares como a Casa Vicens, a Casa Bartlló ou o Parc Güell começam a aparecer cadáveres terrivelmente mutilados, de forma estranha e violenta. O assassino permite-se brincar com as suas vítimas, colocando-as de modo a configurar uma encenação macabra e até mesmo a inspirar-se nas técnicas do próprio Gaudí – como os trencadís – para decorar os cadáveres. A polícia está num beco sem saída, e Antonia continua a afirmar que viu o fantasma de Gaudí, , precisamente no mesmo local onde Gaudí no ano de 1926 tinha morrido atropelado por um eléctrico.. Uma obra com a dose certa de intriga, terror, paixão e loucura num thriller policial.

bandasdesenhadas

El Torres é um argumentista, editor e empreendedor espanhol com uma notável trajetória internacional, com especialização em histórias de terror e aventura. Algumas das suas obras mais marcantes foram The Veil, a série Nancy in Hell e The Suicide Forest. A obra El Fantasma de Gaudí valeu-lhe os seguintes prémios: Melhor Argumentista na ExpoCómic e Melhor Obra Nacional no Salón de Barcelona 2016. El Torres, decidiu criar a sua própria empresa com o nome de “Amigo Comics”, onde lançou trabalhos de terror e fantasia como: The Westwood Witches, Rogues!, Roman Ritual e Ghost Wolf.


Jesús Alonso Iglesias, nascido em 1972, é licenciado em Belas Artes pela Universidade de Madrid. Trabalhou no estúdio de José María Álvarez, colaborando com diferentes editoras. Mais tarde, fez parte da equipe de pré-produção no estúdio de animação Milímetros S.A. durante cinco anos fazendo storyboards, layouts e designs, tanto em séries de televisão (Pippi Calzaslargas, Renade, Street Sharks, Todos los perros van al cielo…) como em longas-metragens (Los tres Reyes MagosLa Colina del Dragón). Foi chefe de pré-produção na Fanciful Arts Animation S.L. para séries de televisão (Altair) e como artista de layout para o longa-metragem El Cid. No ano de 2002 torna-se freelancer, dedicando-se à ilustração. Desde então, vem colaborando com diversas editoras, produzindo livros didácticos para Bruño, MacGraw Hill, Pearson Educación e Grupo Anaya. Finalmente, inicia-se em projectos de BD para editoras espanholas e francesas. Venceu o Prémio de Melhor Livro de Autor Espanhol no Salón del Cómic de Barcelona 2016 com El Fantasma de Gaudí, sendo o seu trabalho mais recente Los Dalton.

SOBRE O AUTOR |

Rodrigo RamosAdministrador
É administrador do site. Licenciado em Informática, agrega no Bandas Desenhadas dois mundos que adora - a web e a banda desenhada.