Os primeiros livros de “Homem-Cão”, spin-off do Capitão Cuecas.

A estreia cinematográfica de Capitão Cuecas: O Filme, realizado por David Soren, foi o mote para a Gradiva publicar o derradeiro livro da série. O Capitão Cuecas e a sensacional saga do Sr. Fedorovky, o 12.º e último livro da série de Dav Pilkey foi publicada originalmente 18 anos após o primeiro. Em Portugal, a série foi iniciada em 2001, quatro anos após a sua estreia norte-americana, tendo a Gradiva publicado a mesma ao longo de 16 anos.

A Gradiva também tinha editado entre nós O Extracrocante Livro de Passatempos do Capitão Cuecas 1 e O Novo Extracrocante Livro de Passatempos do Capitão Cuecas 2, os quais, além dos anunciados passatempos no título, também contêm bandas desenhadas, para além de flip-o-ramas, autocolantes e diversas atividades.

Para além disso, a Gradiva publicou As Aventuras do Super-Bebé Fraldinha e As Aventuras de Bonk e Cronk, Homens das Cavernas do Kung-Futuro. Foram as duas primeiras graphic novels das personagens George Beard e Harold Hutchins. Trata-se, portanto, de dois livros de banda desenhada, protagonizados por personagens “criados” pelos protagonistas da série Capitão Cuecas.

Inédita em Portugal, encontra-se a segunda graphic novel do Super-Bebé Fraldinha, bem como estava inédita totalidade da série de graphic novels do Homem-Cão (o 5.º volume foi editado em agosto deste ano nos EUA), também esta da autoria das personagens George e Harold, enquanto crianças. Aliás, em O Capitão Cuecas e a sensacional saga do Sr. Fedorovky é possível ler um pouco dos comic books do Homem-Cão publicados 20 anos no futuro, na qual o autor satiriza as (aparentes) mortes e a facilidade com que os mascarados se podem fazer passar uns pelos outros na banda desenhada de super-heróis.

É da ausência da publicação do Homem-Cão pela Gradiva que surgiram em novembro do ano passado, 5 meses após a estreia do filme do Capitão Cuecas, os dois primeiros livros de banda desenhada daquela série pela mão da Marcador Editora, uma empresa da Editorial Presença.

De seu título, Homem-Cão e Homem-Cão Sem Trela (Dog Man Unleashed, no original), estas bandas desenhadas foram publicadas nos EUA em 2016, no ano seguinte à conclusão dos livros ilustrados da série principal do Capitão Cuecas. Não se trata de uma continuação da série, apesar das primeiras páginas da primeira BD explicarem que se trata de uma graphic novel da “autoria” dos protagonistas de Capitão Cuecas.

Aliás, muitos dos elementos que popularizaram a série original e que são tanto do agrado das crianças estão de regresso nesta série, além da própria banda desenhada: escatologia, gadgets e invenções, maniqueísmo simplista, animais de estimação, dinossauros, violência cartoonesca q.b., flip-o-oramas (animações cíclicas com base em desenhos presentes em 2 páginas, geradas pelo virar para frente e para trás de uma folha) e claro, o humor, frequentemente repleto de nonsense e de fórmulas repetidas ao longo das séries, para gáudio dos leitores.

Eis a sinopse da editora:

Uma nova coleção imperdível para todas as crianças: um herói metade homem, metade cão! Do mesmo criador do Capitão Cuecas, este é o início de uma coleção que as crianças vão adorar. Bestseller do New York Times, é a história de um herói que é metade cão, metade homem, que tem um grande faro para o crime! Mas será que o instinto do Homem-Cão para o dever vai ser maior do que o seu lado canino? Vamos descobrir!

O segundo volume do Homem-Cão, a coleção que está a conquistar as crianças! Este é o segundo volume da coleção Homem-Cão, do mesmo criador do Capitão Cuecas! Nesta nova aventura, Homem-Cão Sem Trela, o herói metade cão, metade homem, vai aprender a lidar com novos crimes, desta vez com um gato vilão que precisa de trela curta.

Um dos melhores livros jamais escritos sobre um polícia com cabeça de cão! – Bisavó do George

Surpreendente e divertido! – Avô do Harold

Detestei cada página! – Sr. Krupp

Dav Pilkey criou as suas primeiras histórias aos quadradinhos quando andava na escola primária. Em 1997, escreveu e ilustrou o seu primeiro livro para crianças, As Aventuras do Capitão Cuecas, que obteve críticas entusiásticas e foi de imediato um grande êxito de vendas – tal como os três livros seguintes da mesma série. Dav escreveu vários outros livros ilustrados que receberam prémios, incluindo The Paperboy e a série Dumb Bunnies. Vive com o seu cão em Portland, Oregon.

 

Homem-Cão | Homem-Cão Sem Trela
Dav Pilkey
Editora: Marcador
Páginas: 240 | 224
Formato: 140 x 210 mm
ISBN: 9789897543227 | 9789897543234

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de SousaAdministrador