A chancela editorial Apenas Livros publicou em setembro um segundo número de Aurora Boreal e O Instinto Supremo, escrito por José de Matos-Cruz, lançado durante o evento Barreiro IlustraBD.

Tal como a edição de estreia, também esta tem uma BD curta como extra, desta vez da autoria de Daniel Maia, e galeria gráfica pelo conjunto de ilustradores.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Estreado em 2017, através de uma exposição integrada no XIII FIBDB e do lançamento de uma antevisão, o ciclo inaugural de Aurora Boreal, O Princípio Infinito, regressa com o Segundo Universo, intitulado O Teatro Anatómico, e revelado durante o Encontro de Autores do 1.º Barreiro IlustraBD, em 2018. Escrita por José de Matos-Cruz, e inserida numa Lisboa mística e mágica, povoada por super-seres e criaturas sobrenaturais, que desvendara originalmente na saga d’ O Infante Portugal, a série Aurora Boreal segue as aventuras desta entidade enigmática e volúvel enquanto explora mundos, realidades e outras dimensões. Aurora Boreal e O Princípio Infinito: Segundo Universo – O Teatro Anatómico é, pois, o segundo de quatro livros de cordel que perfazem o ciclo inicial da heroína, visualmente concebida por Susana Resende e com ilustrações suas, e dos demais artistas Daniel Maia (que também assina a capa desta nova edição), Renato Abreu e Teotónio Agostinho. O livro é completado por uma galeria de desenhos adicionais e por uma BD curta, intitulada Aurora Boreal e A Primeira Dança.

Aurora Boreal
Surgiu na saga d’O Infante Portugal, nascida de uma relação efémera entre a soviética Oktobraia e o cósmico Malsão. Irradiando além das luzes e das trevas, a sua aparência torna-se Presente, ao romper os ciclos da infância e da realidade, pelo capricho súbito e intenso de uma libertação…

O Teatro Anatómico
Avistavam-se, revestiam-se. Sem o sal da terra, sem a seiva do tempo. Na paisagem latente, em que tudo era volúvel, existiam na aparência física – como um provável manancial de referências. Auras perdidas. Corpos esparsos. Em sua inconstância fluída, ensaiavam gestos e feitos espectaculares.

Aurora Boreal e O Princípio Infinito – Segundo Universo: O Teatro Anatómico
Autor: José de Matos-Cruz
Ilustração: Daniel Maia, Renato Abreu, Susana Resende e Teotónio Agostinho
BD: Daniel Maia (texto & desenho)
Editora: Apenas Livros
Páginas: 40, a preto e branco
PVP: 3,90€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.