Um dos lançamentos que ocorreu durante as nossas férias foi o volume dois de Saga, que já listámos aquando das nossas leituras de maio. Esta multipremiada saga da autoria de Brian K. Vaughan e Fiona Staples, recentemente foi galardoada com mais três Harvey Awards (melhor série em continuação, melhor desenhador e melhor ilustrador de capa) e dois Eisner Awards (melhor série em continuação e melhor desenhador).

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:
Com o lançamento do segundo volume de SAGA, regressamos ao universo de ficção-científica e fantasia de Brian K. Vaughan, uma das séries de banda desenhada de maior sucesso comercial e crítico da actualidade, a que a Entertaiment Weekly chamou “o tipo de comic que só aparece quando se dá a um par de criadores superstars liberdade total para produzir o comic dos seus sonhos”.
Marko e Alana continuam em fuga, com a sua filha bebé, Hazel, perseguidos pelas muitas facções de um vasto conflito interestelar. O seu crime? Ameaçar a “narrativa” que é a única justificação para esta guerra que assola a galáxia. Hazel já sobreviveu a assassinos letais, Príncipes Robots, exércitos e monstros alienígenas, mas terá agora de enfrentar o seu maior desafio… os seus avós! Neste volume descobriremos mais sobre o romance entre Alana e Marko antes de Hazel nascer, bem como a história dos pais de Marko. Seguiremos também o percurso do assassino conhecido como A Vontade, e o seu encontro com… Gwendolyne, a ex-noiva de Marko! E quem é Oswald Heist? Fique a saber tudo em SAGA Volume 2.
SAGA foi lançado em Portugal em Novembro de 2014, durante o Festival da Amadora BD. Esteve em grande destaque no Comic-Con no Porto, em que a presença de Brian K. Vaughan foi muito notada e gerou as maiores filas de autógrafos de qualquer autor de BD neste festival, tendo sido também referida em inúmeras entrevistas extensas publicadas na altura. Uma das entrevistas mais interessantes: “Na última década o mundo dos comics tornou-se mais feminista”: http://www.publico.pt/culturaipsilon/noticia/na-ultima-decada-o-mundo-dos-comics-tornouse-mais-feminista-1678696
“Quando comecei a escrever Y: The Last Man e a ir a convenções deste género, eram sempre homens a vir ter comigo. Agora, em Saga, diria que 60% dos leitores são mulheres. Na última década, o mundo dos comics tornou-se num meio igualitário e mais feminista. Bem mais do que o cinema e a televisão.” – Brian K. Vaughan
SAGA Volume 2 inclui os números 7-12 do comic regular. SAGA é publicado nos EUA em arcos de história de 6 números, e cada volume recolhe um arco. Entre cada seis números da revista mensal existe um intervalo de cerca de três meses, antes de ser lançado o arco seguinte. Os arcos estão agrupados em três, ou seja, os Volumes 1-3 da série correspondem ao primeiro ciclo da saga, em que Hazel é ainda bebé.
“..Será tudo isto o suficiente para fazer de Saga um livro mais do que recomendável? Não, o que torna a sua leitura interessante é a guerra a deixar de ser pano de fundo, para se transformar em personagem, acossando o casal, com o poder de os transformar, como aos seus perseguidores, em monstros. Não é difícil supor a influência da actualidade sobre o texto de Brian K. Vaughan. Habitantes do planeta Fenda, os temidos “horrores” são, afinal, fantasmas de crianças que atormentam, com alucinações, o exército invasor. Pisaram minas ou sofreram ferimentos mortais de estilhaços, e vagueiam pelas florestas, iluminados por halos vermelhos. Não se salvaram, como não se salvará a menina refugiada que faz o que os homens quiserem. Sendo um livro assumidamente escapista, Saga reenvia o leitor para o real. E, nesse movimento, desvela a dialéctica que o sustenta: entre a fantasia da ficção e a violência do mundo.” José Marmeleira, in Ípsilon / PÚBLICO

SAGA – Volume DOIS
152 páginas a cores, capa dura.
ISBN: 978-87-91630-89-7
PVP: 10,99€

O Volume 3 da versão portuguesa da série estará disponível brevemente.

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.