Amanhã chega às bancas nacionais o quinto volume da coleção Super-Heróis DC da Levoir, distribuída com o jornal Público. Arqueiro Verde: Ano Um de Andy Diggle e Jock, o duo responsável anteriormente por The Losers na chancela Vertigo, é a primeira BD desta coleção que foi originalmente publicada antes d’Os Novos 52.

O volume contém as revistas norte-americanas Green Arrow: Year One #1-6, originalmente publicadas pela DC entre setembro e novembro de 2007. Esta minissérie realizou um reboot à origem desta personagem, tendo os autores utilizados elementos das diferentes cronologias oficiais do personagem, pré e pós Crise nas Terras Infinitas. Arqueiro Verde: Ano Um é uma banda desenhada inédita no nosso país, nunca tendo sido também importada a edição brasileira da Panini Brasil, publicada em 2009.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:
A vida do jovem milionário Oliver Queen muda radicalmente quando, depois de traído por um amigo, é lançado ao mar, acabando por naufragar numa ilha perdida no Pacífico. Neste cenário hostil, onde as ameaças não são apenas naturais, terá de combater os traficantes que controlam a ilha, armado apenas com um arco improvisado. É então que a luta pela sobrevivência se transforma numa luta pela justiça e o playboy egoísta e irresponsável dá lugar ao Arqueiro Verde.
Andy Diggle e Jock criam a origem definitiva do Arqueiro Verde, numa história emocionante que redefine uma das mais icónicas personagens da DC. Todos os super-heróis têm uma génese, um momento definidor que os leva a abandonar uma vida normal e a dedicar-se a combater o crime. Batman: Ano Um, de Frank Miller e David Mazzuchelli (já publicado numa colecção da Levoir) colocou a fasquia muito alta no que se refere às histórias de origem dos super-heróis, mas este livro mostra estar à altura de tão pesada herança. No caso do herói que protagoniza este volume, o Arqueiro Verde, essa origem apresentou diferenças significativas ao longo dos tempos, até ser codificada de forma brilhante por Andy Diggle e Jock em Arqueiro Verde: Ano Um (originalmente publicado em seis comics, em 2007).
O Arqueiro Verde apareceu pela primeira vez em 1941. O seu nome verdadeiro é Oliver Queen, um jovem bilionário, que usa as suas habilidades como arqueiro para combater o crime na sua cidade de Star City, e como membro da Liga da Justiça. Em meados da década de 50, muitos dos heróis da DC, cuja publicação tinha sido interrompida, regressam em novas versões, com novas identidades e novas origens: o Arqueiro Verde é precisamente um dos heróis que regressa nessa altura, mantendo a sua identidade original, mas ganhando uma nova origem, pelas mãos do grande Jack Kirby.
É essa nova origem, estabelecida por Jack Kirby, que vai servir de base ao presente livro. Em Arqueiro Verde: Ano Um, Jock e Diggle criam uma história de origem bem contada, cuja influência é visível, por exemplo, na série televisiva Arrow, que vai aproveitar a personagem de China White, introduzida por Diggle e Jock no universo DC.
“Eu não iria esperar menos de Andy Diggle e Jock, dois dos meus criadores favoritos de BD actuais. Os dois têm feito um excelente trabalho com outros colaboradores, mas eles são um daqueles raros duos escritor/artista que constantemente despertam o melhor um no outro. São maiores do que a soma das suas partes, tal como… um arco e uma flecha.” – Brian K. Vaughan (Ex-Machina, Y The Last Man, SAGA)

Arqueiro Verde: Ano Um
Andy Diggle (argumento) e Jock (desenho)
160 páginas a cores, formato comic, capa dura

nota: imagens cedidas pela editora.

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.