Dia 4 de março, pelas 21h30, tem lugar no Auditório da Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos, na Amadora, a mesa-redonda sob o tema Olivier Schrauwen e o desenvolvimento da banda desenhada belga com a participação do belga Benoît Crucifix e a moderação de Pedro Moura. Esta iniciativa é enquadrada no pólo Pensar do programa da Bedeteca da Amadora “Os Cinco Sentidos da Banda Desenhada”, cujas áreas de intervenção são: Ver, Fazer, Ler, Discutir, Pensar.

Nos últimos anos foram editadas 2 obras de Olivier Schrauwen em Portugal: O Espelho de Mogli (MMMNNNRRRG, 2014) e Cinzas (MMMNNNRRRG/Mundo Fantasma, 2015), este último disponível em 4 versões diferentes.

Poderão ler uma entrevista recente de Crucifix a Schrauwen aqui.

Eis a divulgação da organização:
OLIVIER SCHRAUWEN é uma super-estrela dos “romances gráficos”, traduzido internacionalmente (inclusive em Portugal) e aclamado criticamente. Mas ao mesmo tempo é um autor capaz de ironizar esse seu próprio posicionamento através de bandas desenhadas estranhamente inventivas narradas pelo seu alter ego, “O. Schrauwen”.
Esta apresentação abordará alguns aspetos da obra de Schrauwen, a sua estética particular e tom irónico, mostrando ao mesmo tempo como esse estilo está profundamente enraizado no contexto da banda desenhada alternativa e da autoedição. Procurando seguir retrospetivamente a trajetória de Schrauwen desde o contexto da banda desenhada flamenga até aos palcos internacionais, esta sessão desenhará um panorama lato do desenvolvimento e expansão da banda desenhada belga no século XXI.
Através de referências a autores contemporâneos tais como Brecht Evens, Judith Vanistendael, Brecht Vandenbroucke, assim como às obras clássicas de Willy Vandersteen, Marc Smeets, Willy Linthout, Kamagurka e Herr Seele, o encontro providenciará igualmente uma breve introdução ao mundo da banda desenhada belga de expressão neerlandesa.

BENOÎT CRUCIFIX é um doutorando FNRS da Universidade de Liège e da Universidade Católica de Louvain, trabalhando num projeto sobre história da banda desenhada de autores. É membro do grupo de investigação de banda desenhada ACME, e escreve sobre banda desenhada, quer académica quer criticamente para plataformas tais como The Comics Grid, du9, Graphixia, Sekvenser and Töpfferiana.
A Comunicação de Benoît Crucifix será proferida na língua inglesa e a sua conversa com os espetadores será em inglês e francês.

Benoît Crucifix em mesa-redonda na Bedeteca da Amadora
“Olivier Schrauwen e o desenvolvimento da banda desenhada belga”
Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos
4 março (sexta-feira) | 21h30 | auditório
Av. Conde Castro Guimarães – Venteira

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.