capacomix170A Disney Comix 170 é uma daquelas revistas que reúnem um conjunto de bandas desenhadas de diferentes géneros, capaz de ir ao encontro das preferências de diferentes leitores de todas as idades.

O primeiro destaque é o regresso de Os Fabulosos Feitos de Fantomius, o Ladrão Cavalheiro… e em dose dupla. Marco Gervasio continua a explorar com mestria a vida de Fantomius na década de 20 do século passado, cujo diário inspirará no futuro o surgimento do Superpato. Em O Tesouro de Francis Drake (2016) a narrativa inicia-se em 1585, New Albion, o local que virá a ser Patópolis, com Francis Drake (1540-1596), o famoso corsário inglês a serviço da Rainha Isabel I de Inglaterra. Que relação existe entre o capitão e os antepassados de Fantomius é o que será descoberto com a leitura desta BD. Mas outra questão, que tem angustiado os leitores, é finalmente respondida. Será Copérnico Pardal um traidor e apenas um pretenso amigo de Fantomius?

A segunda aventura de Fantomius inicia-se em Londres, em 1916, na altura do desaparecimento do irmão de Fantomius, mas rapidamente o cenário é alterado para o Egito de 1922. Na BD Fantomius no Egito (2016) é evocado o autor Pierre Benoit (1866-1932), ou melhor Paterre Penoit, e a sua obra literária de 1919 L’Atlantide, vencedora do Grande Prémio da Academia Francesa e várias vezes adaptada ao cinema. Por outro lado, se o Tio Patinhas é, tal como a maioria dos personagens de BD Disney, intemporal, de acordo com Carl Barks, ele teria nascido na Escócia em 1867. Deste modo, ele já seria milionário na época em que têm lugar as aventuras de Fantomius… Que relação terá existido entre Patinhas e Fantomius? A resposta a essa pergunta começa a ser descoberta nesta BD. Mas em maio haverá mais respostas…

Se a aventura de Fantomius no Egito se inspira num romance de ficção científica de 1919, Os Efeitos de Desastrometa (2005) inspiram-se em narrativas de ficção científica mais recentes, nomeadamente todas aquelas em que um cometa se encontra rumo ao nosso planeta. Trata-se de uma BD da autoria de Casty, com magistrais desenhos de Roberto Vian e um ritmo irrepreensível, na qual é possível imergir numa Ratópolis noturna, inquietante e apocalíptica. Como é habitual em Casty, o autor rodeou-se de elementos antigos e recentes das BD – e narrativas, em geral – de aventuras, para a construção de uma epopeia Mickey vs. Mancha Negra de pouco mais de uma trintena de páginas, na qual o futuro do planeta está em risco e utilizando como possível solução o sonho utópico da união de toda a humanidade. Quanto aos efeitos do tal cometa na Terra, bem como as soluções tecnológicas inventadas, têm, como era habitual no passado, muito de ficção e pouco de científico, culminando tal  na resolução completamente nonsense do problema, o que originou que esta BD fosse uma das mais polémicas escritas por Casty, com leitores deleitados com a homenagem à simplicidade dos argumentos de outrora e outros a considerarem o final completamente demente.

Apesar de estarem presentes apontamentos de humor nas BD supramencionadas, uma banda desenhada que mistura tal ingrediente com a História é a do 4.º capítulo da série Os Antepassados do Pateta (2006). E se a narrativa parecia que se ia dar na Grécia Antiga, cedo se descobre que Alessandro Sisti localiza, pelo contrário, a ação em Esparta, na BD desenhada por Alessandro Perina. Aqui se descobre (?) que afinal foi um antepassado do Pateta que influenciou toda a filosofia grega, contando a BD com a presença de filósofos como Sócrates e Platão. Como se tal não bastasse, o dito antepassado dá ainda a ideia a um certo Ulisses de como invadir Tróia…

História, aventura, ficção científica e algum humor… Para aumentar a dose de humor da revista, convocaram-se os patos, com uma BD de Peninha e Donald naufragados da autoria de Pietro Zemelli e Donald Soffritti (2016), uma tira dos mesmos patos de Soffriti, um cartoon de Peninha de Enrico Faccini e 2 BD de 1 página do Tio Patinhas de Zemelo e Paolo De Lorenzi (2015). É impossível resistir!

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:
O Donald dá as boas vindas à primavera e à boa banda desenhada!!! E para celebrar o número impressionante ao qual chegou a Comix, temos dose dupla de Fantomius, o ladrão cavalheiro! Podes contar, por isso, com muita aventura e viagens pelo globo fora! Prova disso? Ora, fica apenas com os títulos e vê lá se não sentes já a adrenalina a subir: O tesouro de Francis Drake e Fantomius no Egito! Mas como esta Comix é mesmo épica, decidimos dar um saltinho a Ratópolis para saber como vai o nosso rato favorito. Ao que parece, muito ocupado… É verdade, o Mickey e o Brutus estão a braços com um fenómeno que poderá significar a alteração da pacata rotina da cidade! Confirma isso mesmo em Mickey e os efeitos do desastrometa! Estas e muitas outras histórias na tua Comix de sempre!!!

Disney Comix #170
Autores: Alessandro Perina, Alessandro Sisti, Casty, Donald Soffritti, Enrico Faccini, Marco Gervasio, Paolo De Lorenzi, Pietro Zemelo, Roberto Vian
Editora: Goody
Páginas: 132
PVP: 1,90€

nota: imagens cedidas pela editora.