Airborne 44 é a nova coleção Asa/Público

Airborne 44 é a nova coleção Asa/Público

O PÚBLICO e a ASA editam, já a partir de 28 de abril, uma nova coleção de BD, sobre a Segunda Guerra Mundial, de seu título Airborne 44.

Trata-se de uma BD franco-belga, escrita e desenhada com o aconselhamento de um historiador. São 6 volumes, inéditos em português, onde a realidade e a ficção se misturam e as armas e os sentimentos se cruzam em três ciclos: o Inverno de 1944; antes da Guerra culminar no dia D; e o fim da Guerra.

Uma edição em capa dura, 56 páginas, que os leitores do jornal Público poderão adquirir por 8,90€+preço do jornal.

Eis a data de saída de cada álbum:
1 – ONDE OS HOMENS CAEM (28-04-2017)
2 – O AMANHÃ SERÁ SEM NÓS (05-05-2017)
3 – OMAHA BEACH (12-05-2017)
4 – DESTINOS CRUZADOS (19-05-2017)
5 – SE É PRECISO SOBREVIVER (26-05-2017)
6 – O INVERNO DAS ARMAS (02-06-2017)

PHILIPPE JARBINET (Argumentista / Desenhador)

Nascido em 1965 na Bélgica, Philippe Jarbinet publica o seu primeiro álbum em 1992 nas Éditions Blanco. Trata-se de Sandy Eastern, com argumento de Franz.

Três anos mais tarde regressa à banda desenhada, assinando o argumento e os desenhos do primeiro volume de Mémoire de Cendres, publicado nas Éditions Glénat. Desta série serão publicados dez volumes entre 1995 e 2007.

Depois de ter colaborado no policial  coletivo Une  Folie  Très Ordinaire, imaginado  por Christian Godard, escreve e desenha a partir de 2003 os três episódios de Sam Bracken, sempre nas Éditions Glénat.

Com a sua chegada à Casterman, em 2009, muda de registo e de técnica.

Os álbuns Airborne 44, com texto e desenhos de sua autoria, são realizados em cor direta. Funcionando em dípticos, trata-se de histórias de guerra baseadas em dramas humanos. O sucesso é imediato e transporta Jarbinet para o primeiro plano do panorama dos grandes autores realistas.

Rigoroso, tanto no texto como no desenho, de que assegura igualmente a cor, Philippe Jarbinet perpetua com talento a banda desenhada realista clássica, não sem lhe trazer uma nota própria de modernidade.

Paralelamente ao seu trabalho como autor, Philippe Jarbinet é professor de desenho e de banda desenhada na Academia René Defossez, em Spa, na Bélgica.

nota: imagens cedidas pela editora.

4 comentários em “Airborne 44 é a nova coleção Asa/Público

  1. Olá, Boa Noite!

    Tenho uma duvida,

    “Desta série serão publicados dez volumes entre 1995 e 2007.”

    Mas vão ser publicados 6 volumes, a questão é o que fica por editar?

    1. Olá, Mário!
      A citação refere-se à série de BD referida nesse parágrafo, Mémoire de Cendres.
      Airborne 44 teve direito aos 6 volumes.
      Boas leituras!

Deixa um comentário