O oitavo volume da 4.ª coleção Novela Gráfica da Levoir com o Público é a obra Tatuagem, escrita por Manuel Vázquez Montalbán e adaptada por Hernán Migoya e Bartolomé Seguí.

Manuel Vázquez Montalbán escreveu Tatuagem em 1974. Escritor (novelista, poeta e ensaísta), jornalista de prestígio, dramaturgo e gastrónomo (escreveu várias obras sobre culinária). Militante comunista, foi preso diversas vezes devido à sua actividade política. Durante o franquismo publicou sob vários pseudónimos.

Ganhou entre outros o Prémio Nacional da Narrativa em 1991 e o Prémio Nacional das Letras Espanholas em 1995. Desde 2006, a Câmara de Barcelona concede o Prémio Pepe Carvalho a escritores de novela negra.

Hernán Migoya, um dos mais prestigiados argumentistas de banda desenhada espanhóis adapta o primeiro romance de um dos detectives mais famosos do género negro internacional, Pepe Carvalho, em parceria com o desenhador Bartolomé Seguí, vencedor do Prémio Nacional do Cómic em 2009, do mesmo ilustrador, a Levoir e o Público editaram em 2017 Histórias do Bairro.

“Uma personagem como Pepe Carvalho deslumbra sempre, com as suas mil formas, e pelas suas flagrantes contradições, que são muitas vezes as de todos os espanhóis.” – Hernán Migoya, argumentista

O corpo de um homem nu aparece numa praia do litoral de Barcelona, com a cara desfigurada pelos peixes e uma tatuagem na pele que constitui a única pista para a sua identidade: “Nasci para revolucionar o inferno”. Pepe Carvalho, um detective privado atípico, receberá a incumbência de apurar a sua identidade. Uma história que se desenrola na Barcelona dos anos setenta, numa Espanha ainda sem democracia, e nos canais de Amesterdão. Uma crónica social e política da época com diálogos inteligentes que tornam esta obra de intriga apaixonante.

 

SOBRE O AUTOR |

Rodrigo Ramos
Rodrigo RamosAdministrador
É administrador do site. Licenciado em Informática, agrega no Bandas Desenhadas dois mundos que adora - a web e a banda desenhada.