Michel Vaillant regressa a Macau no 7.º álbum da sua nova série.

Criado em 1957 por Jean Graton, Michel Vaillant tornou-se rapidamente uma das mais populares séries de banda desenhada franco-belga, repleta de décadas de sucesso, em parte por conciliar duas paixões dos seus leitores – a banda desenhada e o automobilismo – e, por outro lado, pelo campeão do desporto automóvel apresentar um conjunto de valores próximos dos que na altura eram considerados ideiais para um protagonista de banda desenhada. Os fieis leitores acompanharam ao longo dos anos a saga de Michel e a sua família no mundo da corrida automóvel, o que permitiu a publicação dos 70 álbuns da primeira série em 49 anos, sem que as pontuais mudanças nos autores da mesma quanto a argumento e/ou desenho originassem quebra na popularidade da série, a qual foi adaptada à televisão e ao cinema.

Após um interregno de 5 anos, com Jean Graton já retirado do meio, Phillipe Graton, filho de Jean que tinha assumido a maioria dos argumentos da série desde 1994, apresenta uma nova série dedicada a Michel Vaillant, designada por nova temporada, a qual tem vindo a publicar um novo álbum todos os anos, com uma equipa de dois argumentistas e dois desenhadores, cujos fãs têm continuado a acompanhar com interesse, inclusivamente em Portugal, sendo uma das poucas apostas anuais da Asa no que toca à banda desenhada.

Com Macau, o 7.º álbum da nova temporada, o quarteto é reduzido a um trio, com a saída de Marc Bourgne, responsável nos primeiros 6 álbuns pelo desenho dos storyboards e das personagens. Benjamin Benéteau fica então encarregue de desenhar a totalidade do 7.º álbum, ao contrário dos anteriores, onde era o responsável somente pelo desenhos dos cenários, automóveis e cenas de corrida. Quanto a Phillipe Graton e Dennis Lapière continuam a assinar a coautoria do argumento.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

“Vaillant: a ruína e a prisão”, noticia a imprensa em grandes parangonas. Essa é de facto a terrível realidade de Michel Vaillant, detido pela suspeita de envolvimento no acidente que custou a vida ao seu irmão. Contudo, apoiado por amigos e familiares, ele decide passar à ofensiva e assume três
objetivos: reconciliar o clã Vaillant após a morte de Jean-Pierre, trazer de volta o ânimo e a ambição ao seio da sua escuderia e vencer Ethan Dasz para recuperar a em presa familiar. Recém-saído da prisão, é em Macau que Michel Vaillant vai dar os primeiros passos com vista à revitalização do clã, apesar da determinação absoluta de Dasz em destruir toda a família…

Philippe Graton
Argumentista
(n. 1961)
Paralelamente ao fotojornalismo, Philippe Graton esteve desde sempre ligado às aventuras de Michel Vaillant: primeiro colaborando com o pai nas pesquisas e, depois, como editor. Assina o seu primeiro argumento em 1994 com La Piste de Jade e cria, em 1995, a coleção Les Dossiers Michel Vaillant. Desde então conduz tenazmente os destinos do campeão e zela pela coerência editorial da obra criada pelo seu pai. Em 2012, após uma profunda reflexão sobre a personagem, Philippe Graton dá início a uma nova temporada da série Michel Vaillant, que desde então vem publicando um novo título cada ano.

Denis Lapière
Argumentista
(n. 1958)
Argumentista consagrado com cerca de 100 álbuns publicados, Denis Lapière teve já contacto com a maior parte dos géneros em banda desenhada.
Poucos sabem, porém, que nutre desde a juventude uma paixão fervorosa pelo automobilismo, tendo inclusivamente chegado a competir em algumas corridas nos seus tempos de adolescente. E se mais tarde veio a enveredar pela banda desenhada, nunca esqueceu que uma das suas primeiras séries narrava precisamente as atribulações de um piloto nas célebres Mille Miglia italianas! Foi portanto com uma sensação de reconciliação com o mundo automobilístico, de que tanto gosta, que Denis Lapière aceitou o convite para co-argumentista da nova temporada da série Michel Vaillant.

Benjamin Benéteau
Desenhador
(n. 1985)
Nascido em França, Benjamin Benéteau passa a sua infância e adolescência no Taiti, na Polinésia Francesa, tendo-se depois instalado na Bélgica, a partir de 2002, para frequentar a École Supérieure des Arts Saint-Luc. Ainda recém-diplomado, desenvolve um primeiro projeto de BD, ao mesmo tempo que Mathieu Reynès o convida para assinar os cenários de um arrojado “thriller” intitulado Alter Ego. Em 2012, assume a criação dos novos Vaillante e o design dos cenários da nova temporada da série Michel Vaillant. Com Macau, assume o papel de desenhador principal pela primeira vez na série.

Michel Vaillant: Macau
Phillipe Graton, Denis Lapière & Benjamin Benéteau
Páginas: 56
Dimensões: 295 x 09 x 225 mm
Formato: capa dura
Editora: ASA
ISBN: 9789892343716
PVP: 14,95€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.