Dia 25 de janeiro marca a estreia de Polar, o filme da Netflix que adapta a banda desenhada homónima de Victor Santos.

Em 2009, o espanhol Victor Santos publicou a sua banda desenhada de ação noir Black Kaiser na Dolmen Editorial. Apesar do autor desejar continuar a explorar este personagem, a editora espanhola não mostrou interesse numa sequela. Deste modo, em 2012, o autor concebeu como webcomic a publicação semanal de Polar, com Kaiser como protagonista. A BD foi produzida para um formato widescreen, bem como sem balões de fala e mais minimalista do que habitualmente o faria, para poupar tempo.

Em 2013, a Dark Horse inicia a publicação da banda desenhada em papel. O primeiro volume, subintitulado Came From the Cold, teve direito a 160 páginas. Para o tornar mais comercial, foram introduzidos balões de fala. Seguiu-se o segundo volume em 2015, Eye for an Eye. O terceiro, No Mercy for Sister Maria, foi publicado em 2016. E o quarto e último volume, The Kaiser Falls, está agendado para abril de 2019. Cada livro abrange uma temporada do webcomic, corrigida e expandida.

A Netflix estreia no dia 25 de janeiro a adaptação da BD a um longa metragem. O filme é realizado por Jonas Åkerlund, sendo baseado num guião de Jayson Rothwell. É protagonizado por Mads Mikkelsen, Vanessa Hudgens, Katheryn Winnick e Matt Lucas.

Eis o trailer:

Eis a sinopse oficial:

Duncan Vizla (Mads Mikkelsen), também conhecido como O Kaizer Negro, um dos melhores assassinos do mundo, está pronto para se reformar. Mas há um senão… o seu antigo chefe pôs a sua cabeça a prémio. Contra a sua vontade, terá de se defender de um exército mais jovem, rápido e disposto a tudo para o eliminar.

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.