BD² – Base de Dados de Banda Desenhada

Terry e os Piratas

Título original: Terry and the Pirates
Autores: Milton Caniff, George Wunder
País: EUA
Datas de publicação: 22 de outubro de 1934 – 25 de fevereiro de 1973
Agência de distribuição: Tribune Content Agency
Editoras das republicações em livro: NBM, Kitchen Sink Press, IDW, Hermes Press

Em 1934, Caniff foi contratado pelo jornal (New York) Daily News para criar uma tira para a agência então denominada Chicago Tribune New York News Syndicate (atual Tribune Content Agency). O editor Joseph Medill Patterson solicitou uma tira de aventuras passada no Oriente e o resultado foi Terry and the Pirates, que Caniff escreveu e ilustrou por 12 anos. Nesses 12 anos, a tira foi lida por 31 milhões de assinantes de jornais.

A tira diária iniciou-se a 22 de outubro de 1934 e a dominical, a cores, em 9 de dezembro do mesmo ano. No início, as histórias da tira diária e dominical eram independentes. A partir de 26 de agosto de 1936, as duas tiras fundiram-se numa única história.

Os direitos de autor da popular tira Terry and the Pirates pertenciam à agência de distribuição, pelo que, quando Marshall Field, o editor do Chicago Sun, propôs a Caniff a criação de uma tira em ele mantivesse os direitos de autor, Caniff optou por abandonar Terry and the Pirates em dezembro de 1946 e iniciar a série Steve Canyon no Chicago Sun-Times no mês seguinte.

Segundo Caniff, uma centena de autores candidatou-se a prosseguir a tira, tendo a Tribune-News Syndicate escolhido George Wunder, com base nos trabalhos que submeteu. A primeira tira desenhada por Wunder surgiu no jornais em 30 de dezembro de 1946.

Ao longo dos anos, a tira teve várias mudanças. Se se iniciou com um jovem Terry Lee, quando a tira foi terminada ele já é um adulto com uma carreira na Força Aérea dos EUA. Por outro lado, a inimiga e femme fatale Dragon Lady tornou-se uma aliada durante a II Guerra Mundial.

Terry e os Piratas foi transposta para outros media. Teve direito a uma série radiofónica entre 1937 e 1948, uma série de 15 episódios cinematográficos em 1940 pela Columbia Pictures e uma série televisiva de 18 episódios em 1953.

Wunder anunciou que se ia reformar em 1973, altura em que a tira era distribuída em 100 jornais, tendo a agência decido terminar a série em 25 de fevereiro desse ano. Segundo Wunder, a decisão da agência baseou-se, por um lado, no declínio do número de leitores das tiras com continuação e, por outro lado, esteve diretamente ligada à Guerra do Vietname, com a qual a sociedade norte-americana deixou de considerar o piloto da Força Aérea como um defensor do mundo livre com glamour para passar a visioná-lo como um profissional de sangue frio que deixa cair napalm em cima de mulheres e crianças.

Registe-se que a tira viria a ser relançada sob a forma de reboot vários anos depois, primeiro com argumento de Michael Uslan e ilustrações de Greg e Tim Hildebrandt (26 de março de 1995 a 31 de março de 1996) e, posteriormente, com argumento de Jim Clark e ilustrações de Dan Spiegle (1 de abril de 1996 a 27 de julho de 1997), com um total de 11 episódios. Nesta nova versão, a Lady Dragon era uma órfã da Guerra do Vietname.

Obras publicadas em Portugal

Episódios originais: 58, 59, 60
Títulos originais: Unrequited Revenge | Nasty Trouble | Fanning Old Flames
Autor: Milton Caniff
Data de publicação original: 1946
Título nacional: Grand Finale
Data de publicação nacional: 2019
Edição nacional: Fanzines, Incorporated

O Bandas Desenhadas está atualmente a elaborar a base de dados referentes ao ano corrente. Está interessado em colaborar com a BD² quanto aos anos anteriores? Envie-nos os dados e dar-lhe-emos crédito pela sua colaboração.

Início | Autores | Editoras Nacionais | Editoras Originais | Séries de BD

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.