A autora Catarina Sobral guia o leitor pela sua cidade natal, onde estudou mas nunca morou.

O sexto livro da série A Minha Cidade da editora Pato Lógico é dedicado a Coimbra, sendo da autoria da portuguesa Catarina Sobral. Como é habitual, o leitor é brindado com um mapa e 12 sítios coimbrões ilustrados e descritos pela autora. Deste modo, perpetua-se a curiosidade das cidades estrangeiras (MadridEdimburgo, São Paulo, Quito) terem um olhar masculino, enquanto as cidades portugueses têm uma visão feminina (BejaViseu).

A Coimbra de Catarina Sobral é uma viagem no tempo, alicerçada nas memórias da infância e adolescência desde os natais nos avós e passeios de fim de semana aos 3 anos em que frequentou o ensino secundário. Esta Coimbra que a autora classifica de desatualizada concorre com a atual, dando lugar a uma Coimbra extremamente pessoal, quiça exemplificada pela sua relação com o Teatro Académico Gil Vicente, que a viu como jovem atriz do clube de teatro da escola que frequentou na Lousã para mais tarde a encontrar ao exibir a curta-metragem que realizou, Razão Entre Dois Volumes (2018). É uma visão de quem passa por uma cidade que anualmente renova a sua população estudantil, entre quem chega de novo e quem parte. De passagem, sim, mas vivendo-a.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Catarina Sobral nasceu na carismática Rua da Sofia, mas a sua juventude foi passada entre viagens numa linha de comboio que já não existe — a Linha da Lousã. Estudou artes na Escola Secundária Avelar Brotero onde nunca se lembra de fazer mau tempo. Recorda, em vez disso, o nevoeiro das castanhas assadas nas ruas da Baiza, as escadarias irregulares do Quebra-Costas e o deleite fresco, à sombra da Alameda das Tílias, no Jardim Botânico. O TAGV, onde assistia à programação cultural, exibiu o filme de animação da sua autoria no festival Caminhos do Cinema Português, em 2018. Curiosamente, as telas conimbricenses dos antigos centros comerciais — Girassolum e Avenida — também contribuíram para a sua formação cinematográfica. Se quiseres descobrir mais recantos e paisagens semeadas pela cidade, abre este mapa e prepara a caminhada. Sobe à torre da Universidade de Coimbra, cumprimenta a Cabra e ouve-a chamar pelos seus estudantes. Um excelente exercício cardio desde a baixa à alta e da periferia ao centro urbano.

Catarina Sobral nasceu em 1985, em Coimbra. É ilustradora e designer de comunicação, com incursões nas áreas da gravura e do cinema de animação. Entre outras obras, é autora dos livros Greve (Menção Especial no Prémio Nacional de Ilustração 2011), Achimpa (eleito Melhor Livro Infanto-Juvenil pela Sociedade Portuguesa de Autores), O Meu Avô (com ilustrações selecionadas para a Exposição de Ilustradores da Feira do Livro de Bolonha 2014 que receberam o International Illustrators Award) e Vazio (integrante da bedeteca ideal do site Bandas Desenhadas na sua Leitura Recomendada e premiado com um White Ravens em 2014).

Coimbra
Catarina Sobral
Editora: Pato Lógico
Páginas: desdobrável
Dimensões: 16 cm × 30 cm (fechado) | 96 cm × 60 cm (aberto)
ISBN: 9789-989-54344-0-4
PVP: 13,50€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.