BD² – Base de Dados de Banda Desenhada

Joss Whedon

Nascimento: 23 de junho de 1964
Naturalidade: Nova Iorque, EUA

Licenciou-se na Universidade Wesleyan em 1987, a qual o granjeou com o título honorário Doctor of Letters em 2013. Entre 1989 e 1990, integrou o grupo de guionistas das sitcoms Roseanne e Parenthood. Quanto ao cinema, começou por desempenhar as funções de script doctor nalguns filmes, isto é, reescrever certas porções que necessitam de revisão. Mais tarde, tornaria a realizar tal trabalho em filmes que adaptaram personagens de banda desenhada, como X-Men (2000), Capitão América: O Primeiro Vingador (2011) e Thor: O Mundo das Trevas (2013).

Whedon escreveu o guião dos filmes Buffy, Caçadora de Vampiros (1992) e Alien: O Regresso (1997), tendo ainda coescrito Toy Story: Os Rivais (1995), Titan A.E.: Depois da Destruição da Terra (2000) e Atlântida: O Continente Perdido (2001).

Em 1997, Whedon criou a série Buffy, Caçadora de Vampiros, a qual teria direito a um total de 144 episódios repartidos por 7 temporadas. Foi produzida pela empresa Mutant Enemy Productions, criada por Whedon, a qual viria a produzir todas as suas séries futuras, bem como o filme com o seu guião The Cabin in the Woods (2012).

Entre 2001 e 2003, foi publicada a minissérie de banda desenhada Fray pela Dark Horse Comics, baseada no universo de Buffy, com argumento de Whedon. Colaborou ainda como um dos argumentistas noutras publicações de BD da editora situadas no universo de Buffy, como a antologia Tales of the Slayers (2002), a minissérie Tales of the Vampires (2003-2004) e as séries Buffy the Vampire Slayer Season Eight (2007-2011), Buffy the Vampire Slayer Season Nine (2011-2013) e Buffy the Vampire Slayer Season Eleven: Giles (2018). A Season Eight foi galardoada com o Prémio Eisner na categoria de Melhor Série em 2008.

Em 1999, Whedon cocriou a série televisiva Angel, um spin-off de Buffy, a qual teve direito a 110 episódios repartidos por 5 temporadas. A “sexta temporada” deu-se mais uma vez na banda desenhada, desta feita pela mão da editora IDW. Angel: After the Fall, foi coescrita por Whedon nos seus primeiro 17 números. Os restantes números e spin-offs não contaram com os argumentos de Whedon, tendo a Dark Horse adquirido o licenciamento e começado a publicar o personagem a partir de agosto de 2011.

Entre 2002 e 2003, foi exibida nos EUA Firefly, a terceira série criada por Whedon. Após o seu cancelamento, a série concluiu no cinema com Serenity em 2005, com argumento e realização de Whedon, que já tinha realizado alguns episódios das suas três séries televisivas. Serenity teve direito a diversas minisséries e one-shots de banda desenhada, publicadas entre 2005 e 2017. As primeiras duas minisséries, Those Left Behind (2005) e Better Days (2008) foram coescritas por Joss Whedon.

O ano de 2004 marcou o início da colaboração de Whedon com a Marvel Comics, com a criação da série Astonishing X-Men (vol. 3), a qual foi galardoada com o Prémio Eisner para Melhor Série em 2006. Whedon escreveu os primeiros 24 números até 2008, bem como o Giant Size Astonishing X-Men (vol. 3) #1. Escreveu também o último arco de Runaways (vol. 2) entre 2007 e 2008.

Entre 2007 e 2010 realizou 2 episódios da série norte-americana The Office e 1 de Glee.

O webcomic Sugarshock!, escrito por Whedon e ilustrado por Fábio Moon para a série Myspace Dark Horse Presents, foi galardoado com o Prémio Eisner para Melhor BD digital em 2008.

Em 2008, cocriou, coescreveu e realizou a minissérie Dr. Horrible’s Sing-Along Blog, vencedora de um Prémio Emmy. Foram produzidas 4 bandas desenhadas baseadas nesta minissérie, publicadas pela Dark Horse, sem o envolvimento de Joss Whedon no argumento. Anos mais tarde, em novembro de 2018, Joss Whedon escreveu o argumento da BD Dr. Horrible: Best Friends Forever.

Entre 2009 e 2010, foi exibida nos EUA a quarta série de Whedon, Dollhouse, que teve direito a 2 temporadas. A série televisiva deu origem a várias bandas desenhadas publicadas pela Dark Horse, compiladas num único volume, sem que Joss Whedon contribuísse para o argumento das mesmas.

O ano de 2012 marcou o início de colaboração de Whedon com o Marvel Studios, com o guião e realização do filme Os Vingadores, tendo sido galardoado com Prémio Saturn pela sua realização. No mesmo ano, cocriou a série Agents of S.H.I.E.L.D. para a Marvel Television, exibida na ABC, a primeira série televisiva do Universo Cinematográfico Marvel. Em 2015, escreveu e realizou Vingadores: A Era de Ultron. Foi ainda o realizador das cenas pós-créditos de Thor (2011) e Capitão América: O Soldado do Inverno (2014).

Entre 2012 e 2014, Whedon realizou dois filmes para o seu estúdio de produção independente, Bellwether Pictures, de seu título Much Ado About Nothing (2012) e In Your Eyes (2014).

Em 2017, Whedon foi contratado na fase de pós-produção do filme Liga da Justiça para escrever e realizar cenas adicionais, tendo-lhe sido dado crédito enquanto guionista.

Obras publicadas em Portugal

Séries

Astonishing X-Men (vol. 3)
  • 3. Sob Ataque – BdMania, 2008 (reeditado pela G. Floy no Livro Dois, em 2019)
  • 4. Imparável – BdMania, 2009 (reeditado pela G. Floy no Livro Dois, em 2019)
Giant-Size Astonishing X-Men Annual
  • #1 – incluído em Astonishing X-Men vol. 4: Imparável – BdMania, 2009 (reeditado pela G. Floy no Livro Dois, em 2019)

Início | Autores | Editoras Nacionais | Editoras Originais | Séries de BD

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.