A conclusão da banda desenhada Darwin da autoria de Chistian Clot e Fabio Bono.

O quarto volume da série Descobridores publicada pela Gradiva encerra o díptico dedicado a Charles Darwin. Publicado originalmente pela Glénat no mercado franco-belga em 19 de outubro de 2016, A Origem das Espécies centra-se na vida de Darwin após o término da sua viagem A Bordo do Beagle. Mantêm-se os autores do volume anterior, ou seja, o argumento de Christian Clot e os desenhos do italiano Fabio Bono.

O livro foi lançado no nosso país no dia 22 de maio, Dia Internacional da Biodiversidade, durante um evento especial no Pavilhão do Conhecimento, sito em Lisboa, no qual naturalistas e artistas, inspirados pela obra de Darwin, partilharam com o público as suas reflexões e também os desafios ambientais que o planeta enfrenta.

Relembra-se que o primeiro volume de Darwin está nomeado para os Prémios Bandas Desenhadas na categoria de Melhor Edição, tendo ainda integrado a Leitura Recomendada do site Bandas Desenhadas.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

1836. O HMS Beagle regressa a Inglaterra depois de passar cinco anos a dar a volta ao mundo. A bordo, Charles Darwin estudou cada planta, animal e mineral que encontrou. Ainda não o sabe, mas as suas observações vão mudar a face do mundo…
O que sabemos destes homens e mulheres, avançados para a sua época, que nos revelaram o mundo e dos quais a História só registou uma ínfima parte? Esta colecção faz-nos viver as expedições destes aventureiros fascinantes, dispostos a passarem o limite do aceitável para realizar os seus sonhos… e o nosso!

Christian Clot (Suiça, 1972) dirige expedições de exploração científica em ambientes extremos no nosso planeta. A sua constante interrogação sobre a capacidade do ser humano de se adaptar ao seu ambiente rapidamente ligou as suas expedições ao trabalho científico. Comunica através de conferências, livros e filmes, pelos quais recebeu vários prémios. Desde sempre fascinado por banda desenhada, é autor de vários livros. Depois de ter estudado para ser comediante trabalhou durante alguns anos como actor e realizador. Apaixonado pelo montanhismo e pelo paraquedismo abandona o palco para se dedicar a expedições em locais com condições climatéricas extremas. Atravessa a  América do Sul por selvas, desertos, montanhas e mares, percorre o Nepal a pé e muitos outros locais sem o recurso a qualquer meio de transporte motorizado  questionando-se constantemente acerca da capacidade que o ser humano tem de se adaptar ao ambiente que o circunda. Cruza regularmente as suas expedições com trabalhos científicos que desenvolve para laboratórios franceses e internacionais quer no que diz respeito à recolha de dados (entomologia, glaciologia,…); quer na recolha de informação no domínio da psicofisiologia nomeadamente acerca do modo como os indivíduos se adaptam e tomam decisões em ambientes extremos. Em 2006, tornou-se, após três tentativas e cinco anos de trabalho de pesquisa, o primeiro homem a entrar no centro das montanhas da Cordilheira na Terra do Fogo, no Chile, uma exploração que lhe valeu vários prémios. Mas o prazer de comunicar e contar histórias nunca o deixou. Em paralelo com o seu trabalho de campo usa vários meios para dar a conhecer o planeta, os seus lugares mais remotos, os seus habitantes e a importância de ir atrás dos sonhos. Realizou  vários filmes e já deu centenas de palestras. Mas foi na escrita que encontrou o meio de expressão perfeito para transmitir a sua visão do mundo. Hoje em dia faz expedições sempre com o objectivo de tornar o mundo mais conhecido incentivando todos, mas sobretudo os mais jovens, a lutar para alcançarem os seus sonhos e a defender o respeito pelo planeta e os seus habitantes. É argumentista de mais de 15 álbuns de banda desenhada na coleção Explora, dos quais a Gradiva editou dois numa coleção com o título Descobridores.

Fabio Bono (n. Sanremo, Itália; 1971) estudou na Escola de Banda Desenhada de Milão. Em 1993, é-lhe atribuído um prémio no Salão internacional de Humor de Bordighera. Desde 1994, trabalha para numerosas editoras italianas e estrangeiras, como Corrierino dei Piccoli, Warner Bros, Stratelibri, Chaosium e Éditions Piemme. Com o argumentista Gino Udina, cria duas bandas desenhadas no ano 2000, The Kingdom e Tao. Entre 2004 e 2007 cria com a sua mulher Marzia oito livros ilustrados infantis de uma série intitulada Nonno Gidio. No mercado francês, em 2009 desenha Confessions d’un Templier para as edições Soleil, que já teve direito a 3 tomos. A série Cathares, iniciada em 2011 para a editora Glénat, concluiu no 3.º tomo. Para a série Explora da Glénat desenhou os dois álbuns dedicados a Darwin e os dois dedicados a Marco Polo.

Darwin, vol. 2: A Origem das Espécies
Christian Clot & Fabio Bono
Editora: Gradiva
Coleção: Descobridores, vol. 4
Páginas: 56
Encadernação: capa dura
Dimensões: 23,4 x 31 cm
ISBN: 978-989-616-899-5
PVP: 16,50€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.