A nova série de Enki Bilal.

Uma das novidades da 15.ª edição do Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja, que inaugura no dia 31 de maio, é o primeiro livro da série Bug, da autoria de Enki Bilal, editado pela Arte de Autor. Originalmente publicado pela editora belga Casterman em 2017, o álbum marca o regresso de Enki Bilal às livrarias nacionais.

O segundo livro foi publicado em abril de 2019 no mercado franco-belga, estando a edição nacional pela Arte de Autor planeada para outubro deste ano.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Num futuro próximo, numa fração de segundo, o mundo digital desaparece, como se sugado por uma força inexprimível. Um homem encontra-se só no meio da tormenta, cobiçado por todos os outros.

BUG significado:
Em português: erro ou falha na execução de programas informáticos, prejudicando ou inviabilizando o seu funcionamento.
Em inglês: inseto, bicharoco ou vírus.

Enki Bilal, denunciante! O que acontecerá se a raça humana abandonar sua memória apenas à tecnologia? Ao contar o BUG do ano de 2041, o artista assina um thriller de antecipação nervosa em que os destinos íntimos se chocam com o caos de um mundo em completo apagão. Na continuidade direta da tetralogia Monstre e da trilogia Coup de Sang, Bilal continua o seu trabalho orwelliano e shakespeariano.

ENKI BILAL nasceu em Belgrado. Chega à França aos dez anos de idade. Além do seu trabalho em banda desenhada, ele é autor-realizador de três filmes para o cinema, cenografias para balé, teatro, ópera, exposições de pintura em todo o mundo e, recentemente, de instalações na Bienal de Veneza.

Bug: Livro 1
Enki Bilal
Editora: Arte de Autor
Páginas: 88
Encadernação: capa dura
Dimensões: 234 x 312 mm
ISBN: 978-989-54047-0-4
PVP: 19,90€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.