Esta semana prossegue a 5ª edição da coleção Novelas Gráficas, editada pela Levoir em parceria com o Público. O terceiro volume da coleção é A Febre de Urbicanda, de Schuiten e Peeters, um dos títulos mais emblemáticos da série Cidades Obscuras, vencedor do Melhor Álbum de Angoulême em 1985. Este álbum já fora editado em Portugal, numa edição das Edições 70, na década de 80 do século XX, sendo agora republicado numa edição definitiva, que tem como material extra um dossier final sobre a lenda da Estrutura e a história A Última Visão de Eugen Robick, produzida em 1997 para o número final da revista (A Suivre), onde a série nasceu.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Eugen Robick, o urbitecto responsável pelo plano de urbanização que pretende restituir a simetria à cidade de Urbicanda, é confrontado com a descoberta de um misterioso cubo, feito de uma matéria desconhecida, cujo crescimento geométrico vem perturbar e transformar profundamente a imagem da própria cidade e a vida dos seus habitantes. Reflexão fascinante sobre arquitectura e poder e um verdadeiro tratado sobre a narrativa sequencial, as Cidades Obscuras, de Schuiten e Peeters, são uma série incontornável da Banda Desenhada franco-belga, que tem na Febre de Urbicanda um dos seus títulos seminais, vencedor do prémio de Melhor Livro, no Festival de Angoulême de 1985.

François Schuiten é um dos nomes mais importantes da BD mundial, com um percurso ímpar, justamente galardoado em 2002 com o Grande Prémio da Cidade de Angoulême pelo conjunto da sua obra. Escritor, ensaísta, professor universitário, cineasta e um dos maiores especialistas mundiais na obra de Hergé, Benoît Peeters é também argumentista. Juntos, Schuiten e Peeeters, criaram ao longo de mais trinta anos a série As Cidades Obscuras, uma designação inventada por Jean Paul Mougin, director da (A Suivre). Um universo que é constituído por uma série de cidades fantásticas, verdadeiros protagonistas de histórias fascinantes que têm como pano de fundo as relações entre a arquitectura, as emoções e o poder.

A Febre de Urbicanda
François Schuiten & Benoit Peeters
Coleção: Novela gráfica (V Série) vol. 3
Editora: Levoir
Páginas: 112, a p/b
Encadernação: capa dura
Formato: 225 x 295 mm
PVP: 10,90€

SOBRE O AUTOR |

Rodrigo Ramos
Rodrigo RamosAdministrador
É administrador do site. Licenciado em Informática, agrega no Bandas Desenhadas dois mundos que adora - a web e a banda desenhada.