As Nomeações de Primavera 2019 dos Prémios Bandas Desenhadas.

Como tínhamos anunciado anteriormente, os Prémios Bandas Desenhadas estabeleceram uma parceria na área da ilustração. Deste modo, as estações do ano que intitulam as Nomeações dos Prémios são antropomorfizadas pelo talento do duo criativo Daniel Maia e Susana Resende.

Apresenta-se a interpretação da Primavera, antes da sua colorização, para apreciação.

Primavera

Relembra-se que as obras elegíveis para as Nomeações de Primavera são as constantes dos relatórios mensais referentes ao 2.º trimestre do ano do site Bandas Desenhadas, bem como as adições posteriormente realizadas nos relatórios seguintes até à data do anúncio de cada uma das nomeações. Apesar das exaustivas avaliações, não foi possível aceder à totalidade das obras publicadas nesse período, estando salvaguardado o direito de poder vir a considerá-las para as Nomeações Extemporâneas finais.

Não foram atribuídas nomeações em todas as categorias, ora por falta de representatividade ora pelo mérito das obras consideradas não estar em consonância com os critérios dos jurados.

O júri deliberou em nomear O Colega de Sevilha de Arlindo Fagundes para a categoria da Melhor Publicação Nacional com Distribuição Comercial, atendendo à mestria do ritmo e cadência evidenciada pelo seu autor, bem como a evocação de acontecimentos trágicos da atualidade neste regresso de um dos protagonistas portugueses da banda desenhada.

O retrato da atualidade espelhado no próprio, naqueles que nos rodeiam e na sociedade em geral foram também os motivos para o destaque dado pelo júri à obra Tutti Frutti de Marco Mendes.

O 10.º número da antologia Venham +5 é uma proposta da Bedeteca de Beja que não pretende esconder o desequilíbrio entre os trabalhos apresentados, mas antes primar pela divulgação das diferentes BD e os seus autores nela compilados. No entanto, o resultado final foi suficiente para convencer o júri da nomeação, com destaque para “Setembro” de Susa Monteiro.

A Morte Viva foi o pretexto para o júri aplicar e explicitar as regras de atribuição de nomeação de Melhor BD de Autor/Coautor Nacional publicada originalmente no Estrangeiro. Entre outros critérios, considera-se também Autor Nacional aquele que nasceu em Portugal, tenha ou não trabalhado em Banda Desenhada no nosso país. Nesse sentido, A Morte Viva de Olivier Vatine e Alberto Varanda foi a obra nomeada para a categoria supramencionada. Concomitantemente, dado se tratar de uma obra estrangeira, foi também nomeada para Melhor Ilustração Estrangeira, a qual se centra em obras que foram originalmente publicadas noutros países que não Portugal.

A nível de publicações originalmente publicadas no estrangeiro, o júri destaca ainda Sabrina de Nick Drnaso, à qual atribuiu as nomeações de Melhor Publicação e Argumento Estrangeiros.

Quanto ao humor, o 36.º volume de Baby Blues, Criança Não Entra!, surpreendeu o júri, na medida em que a fórmula de sucesso criada por Rick Kirkman e Jerry Scott mantém-se viva e refrescante apesar da sua longa longevidade.

Mais uma vez, a nível de Melhor Edição, o segundo volume dedicado a Darwin de Jacques Clot e Fabio Bono, editado pela Gradiva, foi o eleito, pelas mesmas razões – um bom exemplo de como deveriam ser as bandas desenhadas biográficas e/ou didáticas, bem como a complementaridade da mesma por um dossier interessante, que permite conferir fluidez à BD sem a prejudicar com detalhes.

Quanto à Melhor Reedição, a escolha caiu sobre um volume em capa dura que a Arte de Autor de Autor dedica à série Corto Maltese de Hugo Pratt, a preto e branco, com um dossier complementar colorido, ofuscando as anteriores edições nacionais da obra.

Apresenta-se de seguida a lista completa das Nomeações de Inverno e Primavera dos Prémios Bandas Desenhadas 2019:

Nomeações de 2019

Melhor Publicação Nacional com Distribuição Comercial

  • Inverno: Planície Pintada – Diniz Conefrey & Maria João Worm (Quarto de Jade)
  • Primavera: O Colega de Sevilha – Arlindo Fagundes (Arcádia)
  • Verão:
  • Outono:
  • Extemporânea:

Melhor Publicação Nacional com Distribuição Alternativa

  • Inverno: Paris, Texas – Hugo Maciel (Ao Norte)
  • Primavera: Tutti Frutti – Marco Mendes (Turbina)
  • Verão:
  • Outono:
  • Extemporânea:

Melhor Argumento Nacional

  • Inverno: Planície Pintada – Diniz Conefrey & Maria João Worm (Quarto de Jade)
  • Primavera: Tutti Frutti – Marco Mendes (Turbina)
  • Verão:
  • Outono:
  • Extemporânea:

Melhor Ilustração Nacional

  • Inverno: Planície Pintada – Diniz Conefrey & Maria João Worm (Quarto de Jade)
  • Primavera: Tutti Frutti – Marco Mendes (Turbina)
  • Verão:
  • Outono:
  • Extemporânea:

Melhor Antologia Nacional

  • Inverno: Pentângulo #2 (Ar.Co/Chili Com Carne)
  • Primavera: Venham +5 #10 (Bedeteca de Beja)
  • Verão:
  • Outono:
  • Extemporânea:

Melhor BD curta editada em Antologia Nacional

  • Inverno: “Veneza” – Francisco Sousa Lobo (Pentângulo #2 – Ar.Co/Chili Com Carne)
  • Primavera: “Setembro” – Susa Monteiro (Venham +5 #10 – Bedeteca de Beja)
  • Verão:
  • Outono:
  • Extemporânea:

Melhor BD de Autor/Coautor Nacional publicada originalmente no Estrangeiro

  • Inverno: (não atribuído)
  • Primavera: A Morte Viva – Alberto Varanda (Ala dos Livros)
  • Verão:
  • Outono:
  • Extemporânea:

Melhor Publicação Estrangeira

  • Inverno: Jessica Jones vol. 1: Sem Limites – Brian Michael Bendis & Michael Gaydos (G. Floy)
  • Primavera: Sabrina – Nick Drnaso (Porto Editora)
  • Verão:
  • Outono:
  • Extemporânea:

Melhor Argumento Estrangeiro

  • Inverno: Jessica Jones vol. 1: Sem Limites – Brian Michael Bendis (G. Floy)
  • Primavera: Sabrina – Nick Drnaso (Porto Editora)
  • Verão:
  • Outono:
  • Extemporânea:

Melhor Ilustração Estrangeira

  • Inverno: Monstress vol. 3: Refúgio – Sana Takeda (Saída de Emergência)
  • Primavera: A Morte Viva – Alberto Varanda e Olivier Vatine (Ala dos Livros)
  • Verão:
  • Outono:
  • Extemporânea:

Melhor Antologia Estrangeira

  • Inverno: (não atribuído)
  • Primavera: (não atribuído)
  • Verão:
  • Outono:
  • Extemporânea:

Melhor BD curta editada em Antologia Estrangeira

  • Inverno: (não atribuído)
  • Primavera: (não atribuído)
  • Verão:
  • Outono:
  • Extemporânea:

Melhor Publicação de Humor

  • Inverno: O Diário de Esther: Histórias do Meus 10 Anos vol. 2 – Riad Sattouf (Gradiva)
  • Primavera: Baby Blues 36: Criança Não Entra! – Rick Kirkman & Jerry Scott (Bizâncio)
  • Verão:
  • Outono:
  • Extemporânea:

Melhor Série de Publicações

  • Inverno: (não atribuído)
  • Primavera: Descobridores (Gradiva)
  • Verão:
  • Outono:
  • Extemporânea:

Melhor Edição

  • Inverno: Darwin vol. 1: A Bordo do Beagle – Christian Clot & Fabio Bono (Gradiva)
  • Primavera: Darwin vol. 2: A Origem das Espécies – Christian Clot & Fabio Bono (Gradiva)
  • Verão:
  • Outono:
  • Extemporânea:

Melhor Reedição

  • Inverno: (não atribuído)
  • Primavera: Corto Maltese: As Célticas – Hugo Pratt (Arte de Autor)
  • Verão:
  • Outono:
  • Extemporânea:

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.