O oitavo mês editorial de banda desenhada em Portugal em 2019.

Agosto é o mês de veraneio por excelência no nosso país. Há organismos públicos e privados que cessam total ou parcialmente as suas funções e o mundo editorial não é alheio a esta realidade. Há frequentemente uma diminuição do número de lançamentos, que a rentrée do mês seguinte tenta contrariar.

Apesar destes factos, em agosto ocorreram 4 entradas novas na listagem de editoras que publicaram BD em 2019.

PUBLICAÇÕES

O Bandas Desenhadas identificou os seguintes números de novidades de banda desenhada (publicações com BD em mais de 50% das suas páginas), segundo o formato:

  • Jornais: 0
  • Livros: 10
  • Revistas: 0
  • Outros (brochuras, etc): 4

Destes 14 lançamentos, 4 têm distribuição alternativa, isto é, não são distribuídos no canal livreiro nem em pontos de venda de periódicos. Nenhum lançamento de agosto é distribuído em exclusivo nos pontos de venda de periódicos; os que utilizam este canal de distribuição têm concomitantemente ou terão posteriormente distribuição em livrarias. Em resumo:

  • Canal livreiro: 10 (alguns dos quais, só foram ainda distribuídos em bancas ou em eventos)
  • Pontos de venda de periódicos, em exclusividade: 0
  • Distribuição alternativa a livrarias e bancas, em exclusividade: 4

Conclui-se então que 29% das publicações identificadas não teve distribuição para o grande público.

Das 14 publicações de agosto, 4 são edições de material originalmente português. As restantes publicações têm como país de origem:

  • Bélgica: 1
  • Espanha: 1
  • EUA: 7
  • Japão: 1

Registe-se que, apesar do material nacional corresponder ao 2.º lugar de publicações por país, do total das 4 edições, nenhuma conhece ou conhecerá distribuição no canal livreiro. Ou seja, 100% das publicações de autores portugueses em agosto não tiveram distribuição para o grande público.

No que toca à originalidade das obras sob o formato de papel no nosso país, das 14 publicações verifica-se a existência de:

  • Inéditos mundiais: 2
  • Inéditos em Portugal: 10
  • Reedições: 2

Eis as editoras das publicações identificadas:

  • Câmara Municipal de Viseu: ½
  • Devir: 1
  • G. Floy: 3
  • Gicav: ½
  • Levoir: 5
  • Marcador: 1
  • Rodolfo Mariano: 2
  • Serafim & Malacuéco: 1

E as respetivas capas:

Para esta análise não são contempladas reimpressões. Também não fazem parte desta análise as revistas e livros importados em língua francesa e na norma brasileira da língua portuguesa, distribuídos nos pontos de venda de periódicos.

Por fim, uma breve nota quanto às edições sobre BD. Às estatísticas anuais de publicações sobre BD no final deste artigo adicionou-se a Revista Clube Tex Portugal #10.

BD PORTUGUESA EM DESTAQUE

Registe-se que, apesar do material nacional corresponder ao 2.º lugar de publicações por país, do total das 4 edições, nenhuma conhece ou conhecerá distribuição no canal livreiro. Ou seja, 100% das publicações de autores portugueses em agosto não tiveram distribuição para o grande público.

Como referido anteriormente, a obra A Portuguesa – História de um Hino de José Pires foi editada pelo Gicav e Câmara Municipal de Viseu, sendo a primeira vez em que a BD é reunida numa única publicação.

Rodolfo Mariano contrariou a inércia editorial de agosto com o lançamento de 3 publicações, 2 de banda desenhada e 1 de ilustração com 1 BD (não constando esta última da nossa estatística devido à maioria das suas páginas não serem de banda desenhada).

Por fim, a Serafim & Malacuéco, Inc. prosseguiu com as comemorações do centenário do nascimento de Eduardo Teixeira Coelho, com a edição do primeiro volume de O Caminho do Oriente, numa versão especialmente colorida por José Pires para o efeito.

BD ESTRANGEIRA EDITADA EM PORTUGAL

Em agosto, iniciou-se uma nova série. A G. Floy editou o primeiro volume de Gideon Falls de Jell Lemire et al., publicado originalmente nos EUA pela Image Comics.

Para além deste lançamento, as editoras prosseguiram as suas séries: a Devir com Kenshin O Samurai Errante, a G. Floy com Jessica Jones e Ms. Marvel, a Levoir com Novela Gráfica (V Série) e a chancela Marcador da Presença com Homem-Cão.

O ANO DE 2019, ATÉ AO MOMENTO

Os primeiros 8 meses de 2019

Adicionámos os números identificados em janeiro, fevereiro, março, abril, maio, junho e julho aos números obtidos em agosto, para caracterizar o ano editorial nos primeiros 8 meses do ano de 2019.

Total:
189 publicações de BD

Formato:
– Livros: 147
– Revistas: 9
– Jornais: 1
– Outros (brochuras, etc): 32

Distribuição:
– Canal livreiro: 152 (alguns dos quais, só foram ainda distribuídos em bancas ou eventos) 
– Pontos de venda de periódicos, em exclusividade: 1
– Distribuição alternativa a livrarias e bancas, em exclusividade: 36
Cerca de um quinto (19%) das publicações identificadas não teve distribuição para o grande público.

Países de origem:
– Alemanha: 1
– Argentina: 1
– Bélgica: 17
– Brasil: 3
– China: 1
– Espanha: 4
– EUA: 63
– França: 15
– Itália: 7 
– Japão: 15
– Portugal: 58
– Reino Unido: 3
– Suíça: 1 
Registe-se que somente 19 (ou seja, 33%) das publicações de material nacional identificadas teve distribuição para o grande público.

Originalidade:
– Inéditos mundiais: 50
– Inéditos em Portugal: 107
– Reedições: 32

Publicações por editora: 
– Acidental Praia Edições: 1  
– Ala dos Livros: 2 
– Ao Norte: 2
– Arcádia: 1
– Ar.Co: ½ 
– Arte de Autor: 7 
– Asa: 13
– Bedeteca de Beja: 2
– Bizâncio: 2 
– Book Cover: 1
– Câmara Municipal de Viseu: ½
– Chili Com Carne: 3 ½ 
– Ciência Viva: ½ 
– Cogita: 1
– ComicHeart: 1 ⅓ 
– Devir: 16
– Ditirambos: 1
– Documenta: 2 
– Dom Quixote: 1
– Escola Artística António Arroio: 1 
– Escorpião Azul: 6 
– Fanzines, Incorporated: 1 
– G. Floy: 24 ⅓ 
– Gailivro: 1 
– Gicav: ½
– Gorila Sentado: 3 
– Gradiva: 8
– H-alt: 1
– In: 1
– Kingpin: ⅓ 
– Imprensa da Universidade de Coimbra: ½ 
– Joana Afonso: 1 
– Levoir: 29
– Manufactura: 1
– Marcador: 1
– Mário José Teixeira: 1
– Mosi: 1 
– Museu Bordalo Pinheiro: ½ 
– Nuvem de Letras: 2 
– PASS: 1
– Pato Lógico: 2 
– Planeta: 6 
– Planeta Satélite: 2  
– Polvo: 4
– Porto Editora: 2 
– Presença: 1
– Quarto de Jade: 1
– Relógio d’ Àgua: 1
– Rodolfo Mariano: 2
– Saída de Emergência: 1
– Serafim & Malacuéco: 12
– TailorMade: 1
– Tágide: 1 
– Tentáculo: ½ 
– Turbina: 1
– Véte: 2  
– VMComics: 1 
– Zé Burnay: 1
– Zone Komics: 4
Tendo-se tornado o novo líder no segmento do mercado em julho, a Levoir confirma a sua posição com um total de 29 lançamentos. Segue-se a G. Floy com 24 ⅓ edições (que correspondem a 26 livros de BD), a Devir com 16 publicações, a Asa com 13 edições, a Gradiva com 8 lançamentos e a Arte de Autor com 7 edições. Registem-se também os 12 fanzines da Serafim & Malacuéco, Inc. na distribuição alternativa à comercial.

Edições sobre BD:
– Câmaras Municipais: 2
– Editoras especializadas em BD: 2
– Organizações especializadas em BD: 5
Do total de 9 publicações, somente 1 (11%) teve distribuição para o grande público.



nota: considerem-se os números apresentados neste artigo como pré-definitivos até à publicação do artigo referente ao ano de 2019.

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.