Churchill em banda desenhada.

A Gradiva prossegue a sua série Eles Fizeram História com o seu segundo volume, após a publicação de Lenine, desta feita com um livro dedicado a Churchill. Trata-se do primeiro volume de um díptico sobre o britânico Winston Churchill. Originalmente, a obra corresponde ao 26.º tomo da série francófona Ils Onf Fait L’Histoire, com 30 volumes publicados entre 5 de março de 2014 e 21 de novembro de 2018 numa coedição da Glénat com a Librairie Arthème Fayard.

Editado no mercado francófono em março de 2018, o livro foi reeditado a 27 de junho deste ano aquando do relançamento da série nos pontos de venda de periódicos em distribuição com o jornal Le Monde, com o novo título Les grands personnages de l’histoire en bandes dessinée, correspondendo o primeiro volume de Churchill ao 13.º tomo da nova série.

Em Churchill, o argumento compete a Vincent Delmas, com storyboard de Christophe Regnault. O desenho é de Alessio Cammardella e a cor de Alessia Nocera. Como acontece com todos os volumes desta série, a BD é complementada por um dossier de 8 páginas sobre a figura histórica retratada, sendo este da autoria do historiador François Kersaudy.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Figura emblemática e determinante na vitória contra a Alemanha nazi, Winston Churchill é um dos grandes estadistas do século xx.
O «Velho Leão» teve uma vida digna de romance: foi militar nas Índias, jornalista na África do Sul, orador apaixonado no Parlamento, escritor prolixo e nobelizado…
Caracterizado por uma forte vontade e uma capacidade pouco comum de ultrapassar fracassos e reveses, Churchill foi um político tão brilhante quanto atípico: deputado durante a maior parte da sua longa carreira política, teve a seu cargo a partir de 1905 pastas ministeriais durante quase trinta anos, antes de assumir a orientação da Grã‑Bretanha na tempestade da Segunda Guerra Mundial, como primeiro‑ministro.

Vincent Delmas

Este antigo guitarrista e cantor da banda de metal Stradivarius, é atualmente guionista e codiretor de curtas-metragens, uma das quais premiada na Marathon du Court 2006. Diplomado em cinema e no Conservatório Europeu de Escrita Audiovisual (Paris), desenvolveu durante dois anos episódios de séries policiais para diferentes empresas de produção – episódios que nunca chegaram aos ecrãs de televisão. Delmas decidiu então começar a trabalhar para editoras de banda desenhada. Assim nasceu a série Synchrone (2011-2014), um thriller desenhado pelo italiano Riccardo Crosa (Vigilantes, Sanctuaire Redux) para Le Lombard. A série teve boas críticas e um grande produtor de Hollywood comprou os direitos de adaptação para televisão nos EUA. Paralelamente ao seu trabalho na série Ils Onf Fait L’Histoire para a Glénat / Fayard (Carlos Magno, Elizabeth I, Churchill), Vincent Delmas escreve para o teatro e desenvolve um guião para uma longa-metragem.

Chris Regnault

n. 1982

Christophe Regnault, que às vezes assina “Bis”, soube que queria ser desenhador no dia em que pegou no primeiro lápis.
Estudou desenho e faz ilustrações para diversos projetos, nomeadamente projetos educacionais com histórias em banda desenhada e para revistas de videojogos.
Tem diversas obras publicadas pela Glénat, como Chasseurs de scoops 1 – L’histoire vraie des photos qui ont secoué la République (2012), a adaptação do clássico literário L’Homme Invisible em dois tomos (2017) e diversos volumes de Ils Onf Fait L’Histoire (Philippe le Bel, Clémenceau, Churchill).

Alessio Cammardella

Este ilustrador italiano iniciou a sua carreira profissional em 2009 na empresa de software 10 Art Studio.
Em 2012 ingressou na equipa da editora napolitana GG Studio, onde produziu o volume 0 de Violet em 2014, entre outras colaborações.
Desde 2014, tem também vindo a ilustrar diversos jogos para a Ares Games.
Para a série francesa Ils Onf Fait L’Histoire, desenhou o 3.º tomo dedicado a Napoleão e o díptico dedicado a Churchill.

François Kersaudy

n. 1948

É um historiador especializado em história contemporânea. Formado no Instituto de Estudos Políticos, leccionou história contemporânea em Oxford e foi professor de línguas inglesa e anglo-saxónicas na Universidade de Paris I Panthéon Sorbonne 3. É especialista em Winston Churchill, cujas Memórias de Guerra traduziu (trabalho pelo qual recebeu a Ordem do Império Britânico). François Kersaudy é também é colunista do Point.fr e no blogue “Projecteur“.

Churchill volume 1
Vincent Delmas, Christophe Regnault, Alessio Cammardella, François Kersaudy
Editora: Gradiva
Páginas: 56
Encadernação: capa dura
Dimensões: 23,5 x 31,2 cm
ISBN: 978-989-616-936-7
PVP: 16,50€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.