O décimo segundo mês editorial de banda desenhada em Portugal em 2019.

Em dezembro, ainda se verificaram novas entradas na listagem de editoras que publicaram BD em 2019, algumas das quais a estrearem-se no meio. Pelo contrário, várias das editoras de banda desenhada já tinham encerrado o seu ano editorial antes do último mês do ano se iniciar, pelo que encontram-se ausentes da listagem de BD publicada no nosso país em dezembro.

PUBLICAÇÕES

O Bandas Desenhadas identificou os seguintes números de novidades de banda desenhada (publicações com BD em mais de 50% das suas páginas), segundo o formato:

  • Jornais: 0
  • Livros: 13
  • Revistas: 0
  • Outros (brochuras, etc): 4

Destes 17 lançamentos, 6 têm distribuição alternativa, isto é, não são distribuídos no canal livreiro nem em pontos de venda de periódicos. Nenhum dos lançamentos de dezembro nos pontos de venda de periódicos é exclusivo, uma vez que têm concomitantemente ou terão posteriormente distribuição em livrarias. Em resumo:

  • Canal livreiro: 11 (alguns dos quais, só foram ainda distribuídos em bancas ou em eventos)
  • Pontos de venda de periódicos, em exclusividade: 0
  • Distribuição alternativa a livrarias e bancas, em exclusividade: 6

Conclui-se então que 55% das publicações identificadas não teve distribuição para o grande público.

Das 17 publicações de dezembro, 6 são edições de material originalmente português. As restantes publicações têm como país de origem:

  • Brasil: 1
  • EUA: 5
  • França: 4
  • Guiné Equatorial: 1

Registe-se que, apesar do material nacional corresponder ao 1.º lugar de publicações por país, do total das 6 edições, somente 2 conhece ou conhecerá distribuição no canal livreiro. Ou seja, 66% das publicações de autores portugueses em dezembro não tiveram distribuição para o grande público.

No que toca à originalidade das obras sob o formato de papel no nosso país, das 17 publicações verifica-se a existência de:

  • Inéditos mundiais: 6
  • Inéditos em Portugal: 6
  • Reedições: 5

Eis as editoras das publicações identificadas:

  • Asa: 4
  • A Batalha: ½
  • Chili Com Carne: 1 ½
  • G. Floy: 5
  • Gorila Sentado: 1
  • Kunsthalle Lissabon: 1
  • Serafim & Malacuéco, Inc.: 1
  • Tertúlia BD de Lisboa: 1
  • Tigre de Papel: 1
  • Zone Komics: 1

E as respetivas capas:

Para esta análise não são contempladas reimpressões. Também não fazem parte desta análise as revistas e livros importados em língua francesa e na norma brasileira da língua portuguesa, distribuídos nos pontos de venda de periódicos.

Por fim, uma breve nota quanto às edições sobre BD. Para as estatísticas anuais de publicações sobre BD em 2019, identificaram-se recentemente as seguintes publicações:

  • Revista Clube Tex Portugal #14 (dezembro 2019)
  • Boletim CPBD #150 (novembro 2019)
  • Tertúlia BDzine #186 (março 2019)

Quanto a publicações de banda desenhada, também se identificaram duas editadas anteriormente:

  • Os ABCs d’une Bête – Rita Mota (junho 2019)
  • Bia e o Unicórnio em A Tempestade Mágica – Dana Simpson (Nuvem de Letras, setembro 2019)

BD PORTUGUESA EM DESTAQUE

Registe-se que, apesar do material nacional corresponder ao 1.º lugar de publicações por país, do total das 6 edições, somente 2 conhece ou conhecerá distribuição no canal livreiro. Ou seja, 66% das publicações de autores portugueses em dezembro não tiveram distribuição para o grande público.

A Chili Com Carne editou dois livros em dezembro, a obra contemporânea Einstein, Eddigton e o Eclipse: Impressões de Viagem de Ana Simões e Ana Matilde Sousa (aka Hetamoé) e a antologia Renda Barata e outros cartoons de Stuart Carvalhais n’A Batalha.

Por seu turno, a Gorila Sentado concluiu a minissérie de periodicidade mensal Beep Boop de Daniel da Silva Lopes, com o seu terceiro número.

Autumn – The Wind in the Tree, The Wind in the Water, da autoria Joana Escoval e Hetamoé, foi publicada pela Kunsthalle Lissabon.

A Serafim & Malacuéco Inc. continua a apostar nas comemorações do 1.º Centenário de Eduardo Teixeira Coelho, com o terceiro zine da série “Fandaventuras” dedicado a O Caminho do Oriente, colorido por José Pires para a ocasião.

Por fim, o n.º 187 da publicação Tertúlia BDzine , editada pela Tertúlia BD de Lisboa, apresentou uma homenagem do coletivo Tágide a Geraldes Lino em banda desenhada. A BD “Além Lino” foi elaborada por Daniel Maia, Pedro Cruz, António Coelho, Maria João Claré, Shania Santos, Patrícia Costa e Yves Darbos.

BD ESTRANGEIRA EDITADA EM PORTUGAL

Em dezembro, duas editoras prosseguiram as suas séries: a Asa com 4 volumes de Blueberry; e a G. Floy com Criminal, Gideon Falls e Wolverine: Arma X.

Para além desses 3 lançamentos, a G. Floy editou a BD Dois Irmãos de Fábio Moon e Gabriel Bá (baseada na obra homónima de Milton Hatoum), bem como Némesis, da autoria de Mark Millar e Steve McNiven.

Por sua vez, a Tigre de Papel editou O Pesadelo de Obi, da autoria de Chino, Tenso Tenso e Ramón Esolo Ebalé (aka Jamón y Queso).

Por fim, a Zone Komics editou o primeiro volume de True Terror, da autoria de Mitch Smith e Paul Anderson.


nota: considerem-se os números apresentados neste artigo como pré-definitivos até à publicação do artigo referente ao ano de 2019.

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.