As Nomeações de Outono 2019 dos Prémios Bandas Desenhadas.

Como tínhamos anunciado anteriormente, os Prémios Bandas Desenhadas estabeleceram uma parceria na área da ilustração. Deste modo, as estações do ano que intitulam as Nomeações dos Prémios são antropomorfizadas pelo talento do duo criativo Daniel Maia e Susana Resende.

Deste modo, divulgamos neste momento a interpretação do Verão e Outono pelo ilustradores, previamente à colorização:

Relembra-se que as obras elegíveis para as Nomeações de Outono são as constantes dos relatórios mensais referentes ao 4.º trimestre do ano 2019 do site Bandas Desenhadas, bem como as adições posteriormente realizadas nos relatórios seguintes até à data do anúncio de cada uma das nomeações. Apesar das exaustivas avaliações, não foi possível aceder à totalidade das obras publicadas nesse período, estando salvaguardado o direito de poder vir a considerá-las para as Nomeações Extemporâneas finais. Relembra-se que as Nomeações Extemporâneas têm em conta todas as obras publicadas entre 1 de janeiro e 31 de dezembro de 2019 cuja apreciação pelos jurados não foi possível realizar na estação do ano correspondente.

As editoras e autores que desejem remeter 1 exemplar físico ao nosso site, de modo a ser apreciado pelos jurados a tempo das últimas Nomeações, devem realizá-lo até à data-limite de 10 de fevereiro de 2020. Os interessados devem entrar em contacto connosco para obter a morada para envio por correio.

Não foram atribuídas nomeações em todas as categorias, ora por falta de representatividade ora pelo mérito das obras consideradas não estar em consonância com os critérios dos jurados.

O júri deliberou em nomear Einstein, Eddington e o Eclipse: Impressões de Viagem, da autoria de Ana Simões e Ana Matilde Sousa, para a categoria de Melhor Publicação Nacional com Distribuição Comercial, bem como Melhor Argumento Nacional e Melhor Ilustração Nacional. Não só se trata de uma importante documentação histórica das expedições científicas a propósito do eclipse solar de 1919, como a BD de Ana Matilde Sousa revela um domínio absoluto quer na construção do argumento quer no planeamento e execução gráfica, apresentando ao leitor uma relato cativante com arte deslumbrante.

Paulo Monteiro promove de forma exemplar o convite para que se conheça a obra Cartas Portuguesas de Mariana Alcoforado, retratando o contexto histórico e social em que os dois amantes se encontram e se separam, com uma linguagem acessível aos mais novos, na banda desenhada Mariana. A BD foi nomeada para a Melhor Publicação Nacional com Distribuição Alternativa.

A antologia Umbra n.º 1, editada pela Umbra Edições, revelou-se para os jurados a antologia mais equilibrada, repleta de autores com provas dadas na banda desenhada. Trata-se de um primeiro número que se antevê como promissor para esta antologia de ficção científica, terror e weird.

O júri destaca ainda a BD inominada de João Carola na antologia All Watched Over by Machines of Loving Grace, editada pela Chili Com Carne, na qual o autor apresenta uma narrativa intrigante à qual não falta a experimentação formal.

A nomeação da Melhor BD de Autor/Coautor Nacional publicada originalmente no Estrangeiro foi para O Coleccionador de Tijolos de Pedro Burgos, originalmente publicada no mercado francófono pela editora francesa 6 Pieds Sous Terre em 2017, tendo conhecido edição nacional em 2019. Apesar da obra ser inicialmente publicada além-fronteiras é passada em Lisboa, em plena crise económica (e imobiliária). A combinação de um argumento acutilante com uma disposição espacial das pranchas herdeira das Crónicas de Arquitectura do autor foram o suficiente para cativar os jurados.

A banda desenhada originalmente publicada no estrangeiro Eu, Louco de Antonio Altarriba e Keko, com a sua denúncia social às empresas farmacêuticas, conquistou os jurados, tendo sido nomeada para Melhor Publicação Estrangeira e Melhor Argumento Estrangeiro.

No que toca à Melhor Ilustração Estrangeira, o júri destaca o trabalho dos irmãos gémeos Fábio Moon e Gabriel Bá na obra a preto e branco Os Dois Irmãos.

A crítica atual à Guiné Equatorial na obra censurada naquele país O Pesadelo de Obi, da autoria de Chino, Tenso Tenso e Ramón Esolo Ebalé, foi a responsável pela nomeação desta BD a Melhor Publicação de Humor.

Se é verdade que para a Melhor Série de Publicações alguns dos factores a ter em conta pelo júri são o seu suporte físico e a qualidade dos conteúdos extras, os jurados optaram por dar mais peso à importância da série propriamente dita na nomeação de outono. Sendo Y – O Último Homem de Brian K. Vaughan, Pia Guerra et al. uma das série ícones da antiga chancela Vertigo da DC Comics, a nomeação da mesma tem em conta a Levoir ter preenchido a lacuna da edição desta série em Portugal.

A nível de Melhor Edição, a obra que se distinguiu no formato físico das demais foi Os Filhos de El Topo vol. 1: Caim de Alexandro Jodorowsky e José Ladrönn. Se a boa qualidade do papel encontra exemplos similares noutras edições outonais, a editora nacional manteve uma capa singular, que desperta os sentidos visuais e do tacto.

Para a Melhor Reedição, a escolha recaiu em Os Escorpiões do Deserto Obra Completa volume 1 de Hugo Pratt, graças aos dossiers com textos e aguarelas a cores mantidos pela editora portuguesa.

Apresenta-se de seguida a lista completa das Nomeações de Inverno, Primavera, Verão e Outono dos Prémios Bandas Desenhadas 2019:

Nomeações de 2019

Melhor Publicação Nacional com Distribuição Comercial

  • Inverno: Planície Pintada – Diniz Conefrey & Maria João Worm (Quarto de Jade)
  • Primavera: O Colega de Sevilha – Arlindo Fagundes (Arcádia)
  • Verão: Sentinel – Luís Louro (Asa)
  • Outono: Einstein, Eddington e o Eclipse: Impressões de Viagem – Ana Simões & Ana Matilde Sousa (Chili Com Carne)
  • Extemporânea:

Melhor Publicação Nacional com Distribuição Alternativa

  • Inverno: Paris, Texas – Hugo Maciel (Ao Norte)
  • Primavera: Tutti Frutti – Marco Mendes (Turbina)
  • Verão: Conversas com os Putos e os Professores Deles – Álvaro (Insónia)
  • Outono: Mariana – Paulo Monteiro (Panóplia d’Encantos)
  • Extemporânea:

Melhor Argumento Nacional

  • Inverno: Planície Pintada – Diniz Conefrey & Maria João Worm (Quarto de Jade)
  • Primavera: Tutti Frutti – Marco Mendes (Turbina)
  • Verão: Conversas com os Putos e os Professores Deles – Álvaro (Insónia)
  • Outono: Einstein, Eddington e o Eclipse: Impressões de Viagem – Ana Matilde Sousa (Chili Com Carne)
  • Extemporânea:

Melhor Ilustração Nacional

  • Inverno: Planície Pintada – Diniz Conefrey & Maria João Worm (Quarto de Jade)
  • Primavera: Tutti Frutti – Marco Mendes (Turbina)
  • Verão: Sentinel – Luís Louro (Asa)
  • Outono: Einstein, Eddington e o Eclipse: Impressões de Viagem – Ana Matilde Sousa (Chili Com Carne)
  • Extemporânea:

Melhor Antologia Nacional

  • Inverno: Pentângulo #2 (Ar.Co/Chili Com Carne)
  • Primavera: Venham +5 #10 (Bedeteca de Beja)
  • Verão: Legendary Horror Stories volume um (Legendary Books)
  • Outono: Umbra n.º 1 (Umbra)
  • Extemporânea:

Melhor BD curta editada em Antologia Nacional

  • Inverno: “Veneza” – Francisco Sousa Lobo (Pentângulo #2 – Ar.Co/Chili Com Carne)
  • Primavera: “Setembro” – Susa Monteiro (Venham +5 #10 – Bedeteca de Beja)
  • Verão: “Nós” – Nuno Duarte & Rita Alfaiate (Legendary Horror Stories volume um – Legendary Books)
  • Outono: (BD inominada) – João Carola (All Watched Over by Machines of Loving Grace – Chili Com Carne)
  • Extemporânea:

Melhor BD de Autor/Coautor Nacional publicada originalmente no Estrangeiro

  • Inverno: (não atribuído)
  • Primavera: A Morte Viva – Alberto Varanda (Ala dos Livros)
  • Verão: (não atribuída)
  • Outono: O Coleccionador de Tijolos – Pedro Burgos (Chili Com Carne)
  • Extemporânea:

Melhor Publicação Estrangeira

  • Inverno: Jessica Jones vol. 1: Sem Limites – Brian Michael Bendis & Michael Gaydos (G. Floy)
  • Primavera: Sabrina – Nick Drnaso (Porto Editora)
  • Verão: O Número 73304-23-4153-6-96-8 – Thomas Ott (Levoir)
  • Outono: Eu, Louco – Antonio Altarriba & Keko (Ala dos Livros)
  • Extemporânea:

Melhor Argumento Estrangeiro

  • Inverno: Jessica Jones vol. 1: Sem Limites – Brian Michael Bendis (G. Floy)
  • Primavera: Sabrina – Nick Drnaso (Porto Editora)
  • Verão: O Número 73304-23-4153-6-96-8 – Thomas Ott (Levoir)
  • Outono: Eu, Louco – Antonio Altarriba (Ala dos Livros)
  • Extemporânea:

Melhor Ilustração Estrangeira

  • Inverno: Monstress vol. 3: Refúgio – Sana Takeda (Saída de Emergência)
  • Primavera: A Morte Viva – Alberto Varanda e Olivier Vatine (Ala dos Livros)
  • Verão: O Número 73304-23-4153-6-96-8 – Thomas Ott (Levoir)
  • Outono: Dois Irmãos – Fábio Moon & Gabriel Bá (G. Floy)
  • Extemporânea:

Melhor Antologia Estrangeira

  • Inverno: (não atribuído)
  • Primavera: (não atribuído)
  • Verão: (não atribuído)
  • Outono: (não atribuído)
  • Extemporânea:

Melhor BD curta editada em Antologia Estrangeira

  • Inverno: (não atribuído)
  • Primavera: (não atribuído)
  • Verão: (não atribuído)
  • Outono: (não atribuído)
  • Extemporânea:

Melhor Publicação de Humor

  • Inverno: O Diário de Esther: Histórias do Meus 10 Anos vol. 2 – Riad Sattouf (Gradiva)
  • Primavera: Baby Blues 36: Criança Não Entra! – Rick Kirkman & Jerry Scott (Bizâncio)
  • Verão: Conversas com os Putos e os Professores Deles – Álvaro (Insónia)
  • Outono: O Pesadelo de Obi – Chino, Tenso Tenso & Ramón Esolo Ebalé (Tigre de Papel)
  • Extemporânea:

Melhor Série de Publicações

  • Inverno: (não atribuído)
  • Primavera: Descobridores (Gradiva)
  • Verão: Novela Gráfica – V Série (Levoir)
  • Outono: Y – O Último Homem (Levoir)
  • Extemporânea:

Melhor Edição

  • Inverno: Darwin vol. 1: A Bordo do Beagle – Christian Clot & Fabio Bono (Gradiva)
  • Primavera: Darwin vol. 2: A Origem das Espécies – Christian Clot & Fabio Bono (Gradiva)
  • Verão: Sentinel – Luís Louro (Asa)
  • Outono: Os Filhos de El Topo vol. 1: Caim – Alexandro Jodorowsky & José Ladrönn (Arte de Autor)
  • Extemporânea:

Melhor Reedição

  • Inverno: (não atribuído)
  • Primavera: Corto Maltese: As Célticas – Hugo Pratt (Arte de Autor)
  • Verão: A Febre de Urbicanda – Schuiten & Peeters (Levoir)
  • Outono: Os Escorpiões do Deserto Obra Completa volume 1 – Hugo Pratt (Ala dos Livros)
  • Extemporânea:

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.