Memórias dos dois lados do Muro de Berlim.

Em março, a Polvo editou a obra Aqui Já Houve Algo… (Da war mal was..., no original), da autoria do alemão Flix, a qual foi originalmente publicada em 2009 pela Carlsen.

Eis a sinopse da editora:

Aqui Já Houve Algo… reúne as memórias da infância de Flix, o autor deste livro, e de uma série de parceiros de conversas. Do tempo em que a Alemanha ainda estava dividida e o muro existia. Tudo começou em 2008 com a publicação, num jornal de Berlim, de uma pequena história sobre tanques de brincar, percepções erradas e uma realidade que, para uma criança de sete anos, era inconcebível. Mas após esta estreia, Flix foi tendo cada vez mais conversas sobre o tema com amigos e conhecidos e apercebeu-se que também eles tinham recordações interessantes para relatar dessa época. Uma única história transformou-se em duas, depois três, quatro e por aí fora. Quase todos os meses aparecia uma no jornal, até se atingir mais de trinta episódios. Estes são, pois, os seus testemunhos.

Flix (n. 16 de outubro de 1979), pseudónimo de Felix Görmann, é um autor de banda desenhada alemão. Estudou design de comunicação em Saarbrücken e Barcelona, tendo posteriormente passado a viver em Berlim. É o autor de livros de banda desenhada como Held (2002), Sag was (2003) e Mädchen (2005). Held foi galardodado com o Prémio Max & Moritz em 2004. Desde 2006, desenha regularmente para periódicos alemães. A sua série Aqui Já Houve Algo… sobre o Muro de Berlim foi compilada em 2009 pela Carlsen. É o autor do 16.º álbum da série Spirou et Fantasio par…, intitulado Spirou à Berlin (Dupuis, 2019).

Aqui Já Houve Algo…
Flix
Editora: Polvo
Páginas: 138, a cores
Encadernação: capa mole
Dimensões: 20 x 20 cm
ISBN: 9789899518001
PVP: 20,00€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.