Os rebuçados Dr. Bayard por Inês Fonseca Santos e Marta Monteiro.

Para celebrar os 70 anos dos rebuçados Dr. Bayard, cuja receita original adoça a vida de várias gerações, desde 1949, foi lançado no Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora, em outubro do ano passado, o livro ilustrado Um Milhão de Rebuçados, escrito por Inês Fonseca Santos e ilustrado por Marta Monteiro.

A obra conta como Álvaro Justino Matias, o fundador da fábrica de rebuçados Dr. Bayard, conheceu um dia um certo médico francês chamado Dr. Bayard. O resto é história…

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Quando desenrolamos um rebuçado, desvendamos a história de uma amizade inseparável. Álvaro nunca tinha pensado ser recompensado por ajudar um amigo, até que recebeu, numa pequena lata, a lista de ingredientes para os rebuçados peitorais que se tornariam um projecto de vida.
Álvaro Matias veio de uma aldeia do concelho de Almada para trabalhar em Lisboa, onde, durante a Segunda Guerra Mundial, conheceu Dr. Bayard, o farmacêutico francês com quem partilhou amizade e sonhos. Um Milhão de Rebuçados celebra o 70.º aniversário de uma marca que adoça o paladar de gerações, rebuçado a rebuçado.

Inês Fonseca Santos é licenciada em Direito (FDL) e mestre em Literatura Portuguesa Moderna e Contemporânea (FLUL). Enveredou pelo jornalismo e tornou-se escritora. Na televisão, trabalhou como jornalista nos programas Sociedade das Belas ArtesLaboratório e Tradições (SIC Notícias); Câmara Clara e Diário Câmara Clara (RTP2); Os Livros e Todas as Palavras (RTP3). É especialista do Plano Nacional de Leitura e guionista dos espetáculos para a infância do projecto Boca Aberta (TNDM II). Entre as suas obras, contam-se o ensaio A Poesia de Manuel António Pina – O Encontro do Escritor com o seu Silêncio, reeditado no volume Regressar a Casa com Manuel António Pina (ed. Abysmo); a biografia Produções Fictícias – 13 Anos de Insucessos (ed. Oficina do Livro); os livros de poesia As Coisas (ilustrado por João Fazenda; ed.Abysmo), A Habitação de Jonas (ilustrado por Ana Ventura; ed. Abysmo), Suite Sem Vista (ed. Abysmo) e Os grandes animais (ilustrado por João Maio Pinto; ed. Abysmo); e os livros infanto-juvenis A Palavra Perdida (ilustrado por Marta Madureira; ed. Arranha-Céus) – obra galardoada com o Prémio Autores 2016 – , Vincos (ilustrado por Nicolau; ed. APCC) e A Cidade (ilustrado por Beatriz Bagulho; ed. CCB/INCM).  É autora do livro José Saramago. Homem-Rio (ilustrado por João Maio Pinto; ed. Pato Lógico/INCM). Em 2019, escreveu Um Milhão de Rebuçados (ilustrado por Marta Monteiro; ed. Pato Lógico), uma publicação em parceria com a Dr. Bayard, livro que celebra o 70.º aniversário da marca que adoça o paladar de gerações, rebuçado a rebuçado. 

Marta Monteiro nasceu em 1973, em Penafiel. Desenvolve trabalhos nas áreas da ilustração e do cinema de animação. É licenciada em Artes Plásticas/Escultura pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade do Porto. Colabora com diversas publicações nacionais e internacionais, entre elas, The New York TimesGoucher MagazineObservador, Vogue US, Pato Lógico, La Nuova Fronteira, Nobrow Edition, Caminho, Azul Caramelo, Visão. Participou em exposições em Portugal, Espanha, Itália e nos Estados Unidos da América. Em 2014, foi distinguida pelo livro Sombras pelo Communication Arts Annual Illustration Awards, obra que integra o projeto Leitura Recomendada do sites Bandas Desenhadas, e, desde aí, outros prémios se seguiram como o Prémios Vasco Franja, apoiado pela Sociedade Portuguesa de Autores, pelo título de Melhor Filme na competição portuguesa do Monstra 2018. 

Um Milhão de Rebuçados
Inês Fonseca Santos & Marta Monteiro
Editora: Pato Lógico
Páginas: 56, cores
Encadernação: capa dura
Dimensões:
ISBN: 9789895434459
PVP: 14,50€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.