Parte 28 – Outro Nuno

Clique na imagem para a visualizar em toda a sua extensão.

Nuno Duarte, ou Outro Nuno (por não ser o único a ter um nome espectacular), é um pacato cidadão nascido no início de 72. Nasceu tarde, diz a sua mãe. Mas cedo, aos 15 anos, largou a escola secundária e começou a trabalhar como paquete na agência de publicidade Lintas para ajudar na economia caseira, e aos 17 começou a dar os primeiros passos em ilustração profissionalmente como maquetista nessa mesma agência. Por essa altura, ganhou dois primeiros prémios Rafael Bordalo Pinheiro de banda desenhada promovidos pela Câmara Municipal de Lisboa em 1992 e 1994.
Até 2008 esteve sempre a ilustrar praticamente só para agências e produtoras de publicidade, ano em que resolve, depois de uma noite mal dormida, deixar para trás a vida de ilustrador e pós-produtor de imagem residente na Young & Rubicam e dedicar-se ao seu mister em regime freelancer. Com mais tempo de sobra, resolve aproveitar para fazer outros bonecos e começar a frequentar a Tertúlia BD de Lisboa, ambiente onde conhece o Geraldes Lino, estreita laços com outros autores e aviva a vontade de fazer banda desenhada. Por incrível que pareça, editou pela El Pep 2 livrinhos do Mocifão, em 2009 e em 2010, personagem criado nos tempos livres em 2003. Chegou a fazer parte do colectivo The Lisbon Studio, onde foi muito feliz e recomenda.
Entretanto, lá tem feito as suas coisinhas para se manter em conformidade com a sociedade, tal como ela assim o exige. Mas, para além de pequenas BD, como é o caso aqui exposto, estão em andamento vários projectos, que se esperam vir a ver a luz do dia. Até lá, aguardemos, sobretudo o autor. Se quiserem ver mais coisas, é procurar por Outro Nuno no Facebook, Instagram, e claro, no Google. Ele anda por aí.

Início | Prancha Anterior | Prancha Seguinte

SOBRE O AUTOR |

BD +
BD +
Artigos realizados por colaboradores do Bandas Desenhadas.