A série de zines O Hábito Faz o Monstro de Lucas Almeida.

Estou a reler O Hábito Faz o Monstro do Lucas Almeida, comprado na livraria portuense Gato Vadio.

Sempre curti este título da série de zines de Lucas Almeida. Faz muito sentido. Até mais do que o hábito faz o monge. Sempre me pareceu ser ao contrário. Ou talvez os dois sentidos façam “sentido”.  E descubro que é um título de uma música dos belíssimos Rádio Macau.

Bom, para mim isto é um zine que apela à filosofia. Ao pensamento. Estou a reler o número dois de dois mil e dois, com vinte e oito páginas, pois é o que tenho. Embora tenha comprado o livro da Chili Com Carne, também. A situação está na minha falta de organização, deveria ter arrumado os fanzines junto com os livros, pelo nome do autor. Agora “berrou”. Não o encontro tão cedo.

Bom, continuando. Filosofia, cof cof. Ora bem, o que é isso? É algo que se estudou sem dúvida a contar com a “analítica do belo” que me fez rir. E sorrir. Quem nunca lhe apeteceu brincar com Kant? Kant ou encanta? Ai, esta é foleira.

Retomando, temos um monstro no forno prestes a ser cozido. Ou Fud***. As excelentíssimas páginas amarelas transformam-nos. O passado transforma o presente. O presente transforma o futuro e o monstro peludo parece sorrir no fim, apesar das vozes que nos acompanham. De seus gritos interiores em carne viva. E, tudo isto, com o medo do ridículo a pairar no ar. Ora bem, é um fanzine português, com certeza.

Indicações para a edição especial antológica da Chili Com Carne:

“Best of” das BDs de Lucas Almeida retiradas do seu fanzine O Hábito Faz O Monstro entre 2002 e 2009, e algumas inéditas feitas entre 2009 e 2012.
Edição apoiada pela Câmara Municipal de Cascais e IPDJ.

Lucas Almeida nasceu em 1981 e desde cedo adquiriu o gosto de desenhar. Licenciatura em  artes plásticas na ESAD Caldas da Rainha em 2005, onde teve a oportunidade de explorar várias áreas de expressão. Em 2006 ganhou um prémio do concurso jovens criadores na categoria de Banda Desenhada. Desde do ano 2000 que faz a publicação anual do fanzine “O Hábito faz o Monstro”. Percorrendo vários caminhos desde exposições coletivas, projeções de cinema experimental em película de 16mm, desenho em tempo real durante concertos, pintura mural e em tela. Em 2009 fez um estágio em Nova Iorque na Robert Blackburn Printmaking Workshop. Esteve em Shanghai em 2017 durante 5 meses duma residência artística onde fez o livro “Recover one’s original simplicity”. Esteve também em residência artística em New Jersey no Guttenberg Arts Center, a fazer gravuras. Numa quinta em Bucelas desenvolveu um projeto de reabilitação das infraestruturas existentes para criar oficinas de trabalhos manuais de várias técnicas, assim também como criar a possibilidade para residências artísticas. Trabalha na sua oficina de serigrafia, fazendo projetos pessoais, livros de autor e outros projetos editorais, paralelamente com encomendas. 

O Hábito Faz o Monstro (edição especial antológica)
Lucas Almeida
Editora: Chili Com Carne
Ano: 2012
Série: Mercantologia, vol. 5
Páginas: 104, preto e branco
Encadernação: capa mole
Dimensões: 16,5 x 23 cm
ISBN: 978-989-8363-15-2

SOBRE O AUTOR |

Ana Ribeiro
Ana RibeiroColaboradora
Costumava desenhar de joelhos, com os braços em cima da cama quando era pequenita e mais tarde numa mesa de escola. Os joelhos agradeceram. Cresci com banda desenhada e criei o fanzine "durtykat" em 2001. Viajei quase à pala e fui colaborando e comunicando através de desenhos, nascendo assim as Nits, em 2014. Voltei a desenhar de joelhos mas eles não se têm queixado. A última exposição foi na Galeria Mundo Fantasma, no Porto, no ano de 2019.