Split book dedicado a Rudolfo.

Se o vero nome por trás do autor de banda desenhada que utiliza o pseudónimo de Rudolfo não era propriamente segredo, Diogo Jesus parece ter assumido publicamente o seu nome de batismo em março deste ano, aquando do anúncio da exposição dedicada ao seu trabalho “Apesar de não estar, estou muito”, com curadoria de João Ribas, planeada para ser então exibida na mezzanine da Galeria Municipal do Porto. Foi um dos primeiros eventos de banda desenhada cancelados com a epidemia de COVID-19 no nosso país, tendo a mesmo estado finalmente em exposição entre 2 de junho e 16 de agosto

No entanto, seria somente no dia 11 de setembro que seria lançado o split book Apesar de não estar, estou muito / DJ Nobita Early Years 2002, sendo metade do livro dedicada à exposição supramencionada e a outra metade uma compilação dos 5 números do zine DJ Nobita Early Years 2002.

A obra é um projeto editorial de Diogo Jesus e João Ribas com textos de Guilherme Blanc, João Ribas com Diogo Jesus e Marcos Farrajota.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse:

Este livro foi publicado no âmbito da exposição Diogo Jesus: Apesar de não estar, estou muito, com curadoria de João Ribas, apresentada na Galeria Municipal do Porto entre 2 de junho e 16 de agosto de 2020. É um split book, sendo que a frente e o verso servem como capas de duas partes independentes do livro. Um lado é composto por textos, por uma série de digitalizações de obras individuais de Diogo Jesus e pela documentação fotográfica da exposição; o outro lado reúne vários zines desenhados pelo artista, entre outubro de 2019 e julho de 2020, em diferentes diários.
“Desde os seus primeiros trabalhos de música e banda desenhada de produção independente até aos seus projetos recentes como DJ Nobita e Gekiga Warlord, os desenhos, objetos, vídeos, ephemera e materiais de arquivo apresentados dão-nos um panorama da obra de um artista prolífico, que desde 2007 se move entre géneros e entre comunidades. O que une a maioria destes trabalhos é um impulso narrativo e uma dimensão subcultural e autobiográfica, assim como as suas ironias, que evidenciam tanto um humor sarcástico como uma honestidade desarmante. O elenco rotativo de amigos, artistas, heterónimos, figuras ficcionais apropriadas e léxico de subculturas presentes nos desenhos oferecem um comentário recorrente sobre questões de criatividade, masculinidade, obsessões pessoais, a cultura dos videojogos, a cultura do ‘do it yourself’, a precariedade e as condições de produção de arte.” – João Ribas

Apesar de não estar, estou muito / DJ Nobita Early Years 2002
Rudolfo/Diogo Jesus (ed. João Ribas)
Editora: Galeria Municipal do Porto / Chili Com Carne
Páginas: 266, a cores
Dimensões: 16 x 22 cm
PVP: 15,00€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.