Segundo Universo: O Tempo Caprichoso.

A obra de José de Matos-Cruz Aurora Boreal prossegue o seu terceiro e derradeiro ciclo, denominado Aurora Boreal e o Círculo Imperfeito. O segundo tomo, Segundo Universo: O Tempo Caprichoso, teve o seu lançamento em outubro.

Relembre-se que, após a edição das primeira e segunda jornadas, O Princípio Infinito (entre 2017 e 2018) e O Eterno Paradoxo (2019), o mundo fantástico que o escritor José de Matos-Cruz criou para a trilogia Infante Portugal (2007-2012) e que é partilhado pela enigmática Aurora Boreal, nascida de um encontro entre as polaridades opostas da exilada super-heroína soviética Oktobraia e a entidade cósmica Malsão, suscita agora um lance culminante e conclusivo, enquanto a heroína titular continua a romper os limites da infância e se aventura noutros meandros da realidade e por dimensões alternativas. Tendo sido a protagonista originalmente visualizada pela autora Susana Resende, tem vindo a ser reinterpretada por outros artistas, desta feita por João Mascarenhas, Isabel Aboim, Fernando Vilhena de Mendonça e José Ruy.

Clique na imagem para a visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse:

Há semanas que não chove. Minutos tardam a correr. Todo o silêncio é uma passagem forçada, quando a paragem das palavras se torna obrigatória. O peso da voz enfraquece a leveza do olhar. A ousadia herda-se com as declinações da hereditariedade. Existe um ponto de rotura na distância entre gerações. Tudo o que se vê, também resiste à realidade sobre o clímax da representação.

Aurora Boreal e O Círculo Imperfeito
Segundo Universo: O Tempo Caprichoso
Editora: Apenas Livros
Texto: José de Matos-Cruz
Ilustração: João Mascarenhas, Isabel Aboim, Fernando Vilhena de Mendonça e José Ruy
Páginas: 36
PVP: 3,90€ (cada)

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.