Adaptação de A Fogueira de Jack London.

Em 29 de maio de 1902, o romancista norte-americano Jack London (1876 – 1916) publicou o conto To Build a Fire na revista infantil The Youth’s Companion. No entanto, a versão de 1902 é pouco conhecida, pois em 1908 London escreve um novo conto em que mantém o título e a premissa do conto escrito seis anos antes, mas em que altera o enredo, acrescentando-lhe um cão, retirando o nome ao protagonista e tornando as adversidades e suas consequências mais nefastas, sendo esta versão destinada a um público mais adulto e publicada na revista The Century Magazine.

Presente em diversas antologias de contos de London, é inclusivamente o título da antologia nacional A Fogueira e Outros Contos, publicada pela Antígona em 2004.

O conto já foi adaptado diversas vezes para longa-metragens e curta-metragens, uma delas em animação.

A adaptação para banda desenhada pelo francês Christophe Chabouté foi originalmente editada pela Vents d’Ouest em 2007. No entanto, a versão que a Levoir disponibiliza não é essa primeira edição, mas sim a edição especial da Vents d’Ouest de 2 de novembro de 2016, enriquecida com um caderno gráfico, a propósito da efeméride do centenário de falecimento de London. Trata-se da estreia de Chabouté em livro no nosso país. Com Acender uma Fogueira, a editora optou por manter o título mais próximo do título original de London e da tradução francesa, ao invés de manter o título A Fogueira, pelo qual é conhecido no nosso país.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Autor francês de origem alsaciana, Christophe Chabouté estreou-se na Banda desenhada em 1993, participando em Les Récits, um álbum colectivo sobre o poeta Arthur Rimbaud, tendo ganho o Alp-Art Cour de Cœur no Festival de Angoulême de 1999 com Quelques Jours d’Été, o seu segundo livro. Acender uma Fogueira, publicado originalmente em 2007, adapta o conto homónimo de Jack London à BD, numa primeira aproximação de Chabouté às adaptações literárias, que teria seguimento com Moby Dick, de Hermann Melville. Obra que assinala a estreia em livro de Chabouté em Portugal, Acender uma Fogueira surge numa edição especial comemorativa do centenário da morte de Jack London, enriquecida com um caderno gráfico de 16 páginas.
Um homem em busca de fortuna e aventura, perdido no meio do Grande Norte, tenta juntar-se aos companheiros. Neste deserto de neve e gelo, apenas ele e um cão… Confrontado com as forças da natureza e com o frio cortante, a sua vida depende dos poucos fósforos com os quais espera acender uma fogueira. Uma história simples e poderosa, servida por um desenho que nos faz sentir o frio como nunca experimentámos em bd.

Acender uma Fogueira (baseada na obra de Jack London)
Christophe Chabouté
Editora: Levoir
Páginas: 96, a cores
Encadernação: capa dura
Dimensões: 215 x 293 mm
PVP: 10,90€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.