O 50.º livro da Escorpião Azul.

A Escorpião Azul edita este mês o seu 50.º livro. Fundada em 2013 por Jorge Deodato e Sharon Mendes, no que toca à banda desenhada a sua atividade inicial restringiu-se à BD portuguesa, entre novos autores e aqueles já com diversos álbuns publicados. Em 2017, alargou o seu catálogo editorial a autores estrangeiros e, em 2019, editou o seu primeiro livro sobre banda desenhada. Com exceção do presente ano, devido aos constrangimentos que a pandemia de COVID-19 ditou, o seu número de lançamentos por ano cresceu continuamente, tendo o ano passado atingido os 13 títulos. Não será por isso de estranhar que este mês atinja a marca do 50.º livro editado.

A obra em causa é Planeta Psicose da autoria de Ricardo Santo, que tinha autoeditado em 2017, após uma campanha de crowdfunding, Livro Sagrado. O livro conta com um texto do autor, sendo a tiragem desta edição numerada pela editora.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

É tudo verdade. Andaram a mentir-nos este tempo todo. A ciência e a racionalidade não passam de instrumentos dos poderes ocultos que controlam o mundo, para nos roubar a liberdade e impor o cativeiro eterno. Não existem factos. Só a nossa opinião é que é verdadeiramente válida. As alterações climáticas, as extinções de espécies em massa, a crise energética e alimentar, as pandemias, o colapso financeiro. Tudo tem uma explicação paranormal de contornos conspirativos. E é tudo mentira. A única esperança da humanidade reside num pequeno punhado de heróis que luta diariamente contra esse conluio maquiavélico. E estas são as histórias de alguns deles.

Ricardo Santo nasceu em Leiria, em 1976 e foi criado em Pataias. Vive atualmente em Barcelona, onde exerce a atividade de designer industrial e é ilustrador, animador e autor de BD no tempo que lhe sobra. Em BD recebeu vários prémios em festivais e certames. O primeiro no Amora BD em 1991. E o último no Festival de BD da Amadora, em 2005. Começou a fazer BD desde que aprendeu a escrever e estreou-se a publicar ainda nos anos 80, durante a instrução primária, no Jornal de Pataias, com a série Ching Xung, inspirada nos Jovens Heróis de Shaolin. Já na idade adulta, teve uma breve passagem pelo cartoon político, também na imprensa regional, e contribuiu com histórias suas para vários fanzines,  revistas e coletâneas de banda desenhada, tendo sido autor do seu próprio Fanzine para machos e coautor do pasquim O Desgraçadinho. Em 2017, publicou em edição de autor o álbum de BD Livro Sagrado.

Planeta Psicose
Ricardo Santo
Editora: Escorpião Azul
Páginas: 72, a cores
Encadernação: capa mole
Dimensões: 17 x 24 cm
ISBN: 978-989-54874-1-7
PVP: 13,50€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.