150 Anos de Combate pela Liberdade, Igualdade, Sororidade.

Não é comum a edição nacional de banda desenhada norueguesa em Portugal, muito menos de banda desenhada mainstream provinda daquele país. No entanto, Mulheres Sem Medo: 150 Anos de Combate pela Liberdade, Igualdade, Sororidade (Kvinner i kamp: 150 år med frihet, likhet, søsterskap), da autoria de Marta Breen e Jenny Jordahl, originalmente editado pela Cappelem Damm em 2018, tem vindo a ser editado um pouco por todo o mundo graças à sua temática, chegando a vez do nosso país no final deste 2020.

Entretanto, a obra foi a vencedora do Prémio para Melhor Livro de Não-Ficção de 2018 do Ministério da Cultura norueguês, recebendo ainda uma Menção Honrosa nos Prémios Bologna Ragazzi 2019 (não-ficção).

Numa altura em que há várias tendências em diversos países ocidentais para que os direitos das mulheres involuam, publicações como esta contribuem para colocar tal assunto na ordem do dia, ao relembrar a luta por tais direitos ao longo dos últimos 150 anos.

Clique nas imagens para visualizar algumas páginas da edição inglesa em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

«No século XIX, as mulheres e os homens tinham vidas muito diferentes.» Este é o ponto de partida para Mulheres sem Medo, o novo livro da ensaísta e jornalista Marta Breen e da ilustradora Jenny Jordahl. Uma BD sobre os 150 anos do feminismo, as suas principais figuras e as causas que defende.
O artigo 1º da Declaração Universal dos Direitos do Homem começa por dizer o seguinte: «Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos.» Mas será que sempre foi assim? Será que, atualmente, é isso que acontece?
Neste livro, Marta Breen e Jenny Jordahl abordam, com sentido de humor e poder de síntese, 150 anos de coragem, garra e visão de quem lutou e ainda luta pelos direitos das mulheres à volta do globo.
Quinze décadas de ativismo pelo direito ao voto, ao aborto e à contraceção, de reinvidicações por algo tão simples como a liberdade e a igualdade, a educação e o direito ao próprio rendimento – sem esquecer a defesa do casamento gay e o movimento #metoo.
A história do movimento das mulheres é um importante ponto de viragem na História da Humanidade, desde tempos em que a mulher estava sujeita primeiro ao pai e depois ao marido – sem acesso à educação, sem poder possuir terras e sem ter direito a participar em reuniões políticas –, até aos dias de hoje, em que as mulheres são livres de tomar as suas decisões e, apesar de o caminho ainda não estar terminado, o mundo é melhor para elas e para todos do que há 150 anos.
Mulheres sem Medo é uma BD de grande qualidade, por dois talentos noruegueses, que relata alguns dos principais acontecimentos desta luta, rompendo com o pensamento de que «as mulheres devem ficar em casa com a família e não maçar a sua cabecinha com outras coisas».
Uma breve história do feminismo, das suas principais figuras e das causas que defende. Liberdade, igualdade, sororidade. Mulheres sem Medo é uma BD que cobre 150 anos de história do feminismo. São 150 anos de coragem, garra e visão de quem lutou e ainda luta pelos direitos das mulheres à volta do globo. Da luta abolicionista ao movimento #MeToo, passando pela história das sufragistas e do direito ao aborto e à contraceção e pela reivindicação dos direitos LGBTQ e do casamento gay… Está (quase) tudo aqui. Atreve-te a ser ouvid@ e a juntar a tua voz às del@s.

Marta Breen (n. 1976) é uma ensaísta com uma série de livros já publicados. Escreveu, entre outras, uma história das mulheres na vida musical, o livro Født femnist (Nascida Feminista) e o campeão de vendas 60 damer du skulle ha møtt (60 Mulheres Que Devias Conhecer), em colaboração com a ilustradora Jenny Jordahl. Ambas colaboraram também no livro F-ordet (A Palavra F) que venceu na categoria de não-ficção juvenil do prémio do Ministério da Cultura norueguês.

Jenny Jordahl (n. 1989) é uma ilustradora e cartunista premiada que ilustra o blog «Livet blant dyrene» (A vida entre os animais). Ilustrou vários livros, nomeadamente os de Marta Breen. Estreou-se como escritora com
o livro infantil Hannemone oc Hulda, em 2017.

Mulheres sem Medo: 150 anos de combate pela liberdade, igualdade, sororidade
Marta Breen, Jenny Jordahl
Editora: Bertrand
Páginas: 128, a cores
Encadernação: capa dura
Dimensões: 19,7 x 27 cm
ISBN: 9789722538411

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.