Jules Verne por Giulio Ferrari.

Miguel Strogoff (originalmente, Michel Strogoff) é um romance histórico de aventuras de Jules Verne, publicado originalmente em 1867 com as ilustrações de Jules Férat. A sua primeira adaptação ocorreu em 1880 para o teatro. Desde então, tem conhecido mais de uma dezena de transposições seja para o cinema, televisão, desenhos animados, musical ou banda desenhada.

Em Itália, mais concretamente na revista Il Vittorioso, “o amigo sincero dos rapazes”, publicada pela editora AVE (Anonima Veritas Editrice) entre 1937 e 1966, surgiu uma adaptação para banda desenhada da autoria de Giulio Ferrari.

Com o título de “Oltre gli Urali”, as 36 pranchas que compõem esta adaptação foram publicadas entre 18 de fevereiro e 24 de junho de 1951, nos #7-25 (de 1951) de Il Vittorioso, a qual se mantinha inédita no nosso país.

Ferrari não é de todo desconhecido dos portugueses, pois surgiu nas páginas do Cavaleiro Andante na década de 50 do século passado com histórias como “Tarde de Toiros”, “O Galeão Desaparecido”, “20.000 Volts” e “O Rebelde do Ulster” ou não tivesse Ferrari mais de uma dezena de trabalhos publicados em Il Vittorioso.

No fanzine Fandaventuras, adotou-se o título O Correio do Czar, o subtítulo da obra de Verne nalguns países.

Clique na imagem para a visualizar em toda a sua extensão:

Os interessados em obter exemplares de Fandaventuras devem entrar em contacto com o faneditor, através do e-mail gussy.pires@sapo.pt, prevenindo-se de que a tiragem desta publicação é muito limitada.

O Correio do Czar (adaptado da obra Miguel Strogoff de Jules Verne)
Giulio Ferrari
Editora: Serafim & Malacuéco, Inc.
Páginas: 40, a preto e branco
Encadernação: capa mole

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.