Baseada na série de BD O Expresso do Amanhã.

A banda desenhada O Expresso do Amanhã: Os Sobreviventes foi publicada inicialmente no periódico (À Suivre) #57-69 da Casterman, entre outubro de 1982 e junho de 1983. Viria a ser editada pela primeira vez em álbum em 1984. Trata-se do único álbum da série escrito por Jacques Lob (1932-1990), autor galardoado com o Grand Prix de la ville d’Angoulême em 1986, tendo os restantes volumes da série sido editados após o seu falecimento. Esta BD começou a ser desenhada por Alexis (pseudónimo de Dominique Vallet) até à 17.ª prancha. Com o seu falecimento, coube a Jean-Marc Rochette desenhar a mesma. Todos os 6 álbuns e hors-série de O Expresso do Amanhã contam com a arte de Rochette.

Dezasseis anos após o final da publicação da banda desenhada original no periódico (À Suivre), surgia uma continuação da mesma em dois volumes com o argumentista Benjamim Legrand a substituir Jacques Lob. São precisamente esses dois álbuns – Os Exploradores (1999) e A Travessia (2000) – que foram reunidos num livro pela Levoir, a qual, desta forma, publicou os primeiros 3 tomos da série no nosso país.

Dois anos após a adaptação cinematográfica, a série prosseguiu no mercado franco-belga com um novo argumentista, Olivier Bocquet, tendo Terminus sido publicado em 2015 como uma conclusão da saga, mostrando-nos o futuro dos personagens dos volumes anteriores. No entanto, a série não encerrou aí. Não sendo possível prosseguir a mesma após Terminus, a solução encontrada foi a de que os três volumes seguintes da série fossem na verdade uma prequela à BD original. Com argumento do próprio Jean-Marc Rochette e de Matz (pseudónimo do francês Alexis Nolent), os volumes Extinticions Acte 1 e Extinctions Acte 2 foram publicados respetivamente em 2019 e 2020, encontrando-se o Acte 3, o 7.º álbum da série, ainda inédito.

Se o título original da série original é Le Transperceneige, a Levoir optou por manter nos seus livros o título nacional da sua adaptação para o cinema, Expresso do Amanhã. Estreado em julho de 2014 nas salas de cinema nacionais, este filme de 2013 foi realizado por Bong Joon-ho, contando com Chris Evans, Song Kang-ho, Jamie Bell, Tilda Swinton e Octavia Spencer nos principais papeis.

Em 2020, foi novamente adaptada, desta vez para o formato de série televisiva. Com o título idêntico ao original do filme, Snowpiercer, foi desenvolvida por Josh Friedman e Graeme Manson para o canal TNT, sendo exibida internacionalmente pela Netflix, incluindo no nosso país, com um total de 10 episódios na primeira temporada. Conta com os desempenhos de Jennifer Connelly, Daveed Diggs (este mês, galardoado com o prémio de melhor ator numa série de ação no 1st Critics’ Choice Super Awards) e Mickey Sumner, entre outros atores.

No dia 25 de janeiro de 2021, a segunda temporada estreou no canal TNT, com a estreia internacional na Netflix agendada para 26 de janeiro. A segunda temporada tem um total de 10 episódios, tendo a série já sido renovada para uma terceira temporada.

Na 2.ª temporada, é apresentada a personagem Mr. Wilford (interpretado por Sean Bean), o bilionário que usou a sua empresa para construir o Snowpiercer e o seu caminho de ferro mundial para salvar uma pequena porção da humanidade.

Eis o trailer:

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.