O Detective e o Caçador em 2 volumes.

Com exceção de Tex, os personagens bonellianos que têm sido mais publicados nos últimos anos no nosso país têm sido Dylan Dog e, em menor grau, Dampyr (este último, graças às suas 3 narrativas passadas em Portugal). Não será, portanto, de estranhar que a editora A Seita apostasse na publicação do crossover entre os 2 personagens para a sua Colecção Aleph, onde publicou as suas bandas desenhadas a solo.

Curiosamente, trata-se do primeiro vero crossover da Sergio Bonelli Editore, originalmente publicado no verão de 2017, com a ação a iniciar-se na revista Dylan Dog #371 (lançada a 28 de julho, com argumento de Roberto Recchioni e Giulio Antonio Gualtieri e desenhos de Daniele Bigliardo) e a concluir-se em Dampyr #209 (lançada a 3 de agosto, com argumento de Mauro Boselli & Bruno Brindisi).

De forma a evidenciar a presença de outro personagem na revista, o título da história em Dylan Dog fazia referência a Dampyr e vice-versa. Inclusivamente, ambos os números das diferentes séries tiveram direito a uma capa variante, ora com Dylan Dog ora com Dampyr em primeiro plano na mesma. A junção das 2 capas de Dylan Dog compunha uma única imagem da autoria de Gigi Cavezano (foram essas duas capas de Dylan Dog as utilizadas para os 2 livros de A Seita) e a junção das 2 capas de Dampyr outra imagem realizada por Enea Riboldi, que apresentamos de seguida, a título de curiosidade:

Originalmente, essa decisão editorial causou algum alarido entre os leitores italianos, uma vez que, quem desejasse ter uma das imagens completas, tinha de adquirir o mesmo número 2 vezes, dado não ser possível fazer tal composição com um número de Dylan Dog e outro de Dampyr. Na edição portuguesa, colocada à venda em abril deste ano, esse obstáculo foi completamente ultrapassado e, quiça, a possibilidade dos leitores poderem fazer uma imagem composta com as capas portuguesas poderá inclusivamente ter sido uma das razões para uma publicação em 2 tomos com lançamento em simultâneo ao invés de um único volume.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Um vive em Londres e é um detective do pesadelo, investigador do paranormal, melancólico, introspectivo e sonhador. O outro é filho de uma humana e de um vampiro, e viaja pelo mundo para combater o mal, utilizando o seu sangue letal, capaz de queimar e matar os vampiros. Nunca se tinham cruzado, porque o mundo é demasiado grande e os seus mistérios infindáveis. Até ao Verão de 2017, quando a Sergio Bonelli Editore publicou o seu primeiro crossover, uma aventura que junta Dylan Dog e Dampyr numa luta lado a lado contra as criaturas do Mestre da Noite Lodbrok!
Harlan Draka, o Dampyr, e Dylan Dog, cruzam-se finalmente a tempo da chegada de um conjunto de visitantes estranhos – e perigosos! – a Craven Road, que irão mergulhar Londres no terror. E qual o papel do temível Lodbrok, um dos arqui-vampiros que Draka persegue incansavelmente? Dylan Dog acaba por fazer uma promessa que não pode quebrar à morta-viva Lagertha, inimiga jurada de Harlan Draka, o caçador de vampiros. Nas remotas ilhas Hébridas, para onde viajaram em busca de resolver o mistério de Lodbrok, o Senhor da Noite, os nossos dois heróis terão de sobreviver a uma multidão de personagens horrendas, dragões, vikings mortos-vivos, e outras criaturas sobrenaturais.

Dylan Dog & Dampyr: O Detective e o CaçadorVol. 1: A Noite do Dampyr
Roberto Recchioni, Giulio Antonio Gualtieri &
Daniele Bigliardo
Editora: A Seita
Páginas: 104, a preto e branco
Encadernação: capa dura
Dimensões: 17 x 23 cm
ISBN: 978-989-54880-4-9
PVP: 13,00€

Dampyr & Dylan Dog: O Detective e o CaçadorVol. 2: O Detective do Pesadelo
Mauro Boselli &
Bruno Brindisi
Editora: A Seita
Páginas: 104, a preto e branco
Encadernação: capa dura
Dimensões: 17 x 23 cm
ISBN: 978-989-54880-5-6
PVP: 13,00€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.