BD² – Base de Dados de Banda Desenhada

David Chauvel

Nascimento: 18 de dezembro de 1969
Naturalidade: Rennes, França

Desempregado, após obter vagarosamente um BTS (Brevet de Technicien Supérieur) em Comércio Internacional, decide tornar-se argumentista de banda desenhada e integra o estúdio Atchoum. Após algumas BD curtas, escreve Black Mary (1993-2007, Glénat), desenhada por Erwan Fagès. Seguem-se as séries Rails (1992-1995, Delcourt), com Fred Simon, Les Enragés (1994-1998, Delcourt), com Erwan Le Saëc, e Nuit Noire (1996-1997, Delcourt), com Jérôme Lereculey.

Influenciado inicialmente pela “nova vaga britânica” (Moore, Gaiman) e o policial, ele explora novos temas com Ring Circus (1998-2004, Delcourt) ou Arthur (1999-2006, Delcourt), bem como a BD juvenil com Popotka (2002-2007, Delcourt) e Octave (2003-2006, Delcourt), várias vezes premiadas.

No final de 2004, abraça também a profissão de editor. Cria a série concetual Sept (2007-2017, Delcourt) e edita one-shots como Come Prima de Alfred (Fauve d’Or em 2014) ou L’Homme Gribouillé de Serge Lehman e Frederik Peeters (2018, Delcourt).

Chauvel também se dedicou várias vezes às adaptações de romances para banda desenhada, como com L’Île au trésor (2007-2009, Delcourt), Alice no País das Maravilhas (2010, Drugstore; que mais tarde viria a integrar a coleção Les grands classiques de la littérature en bande dessinée da Glénat) ou Pinocchio (2014, Delcourt).

Entretanto, continuou a carreira de argumentista com séries como Wollodrïn (2010-2018, Delcourt) ou one-shots como La route de Tibilissi (2018, Delcourt).

Publicações de BD em Portugal

Séries

  • Ring Circus (BookTree)
    • vol. 1: Os Peralvilhos (2002)

Início | Autores | Editoras Nacionais | Editoras Originais | Séries de BD

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.