Adaptação da obra de George Orwell.

A argumentista Sybille Titeus de la Croix e o ilustrador Amazing Améziane têm vários álbuns de banda desenhada realizados em conjunto, sendo o mais recente trabalho deste duo criativo a adaptação da obra 1984 de George Orwell para a banda desenhada, originalmente publicada pela editora monegasca Rocher a 6 de janeiro deste ano. É esta obra que é publicada este mês pela Cavalo de Ferro no nosso país.

Esta adaptação segue-se à publicada o ano passado no nosso país pela chancela Alfaguara, realizada pelo brasileiro Fido Nesti. Inclusivamente, não fosse o sucessivo adiamento da Relógio d’Água na anunciada edição da adaptação realizada por Xavier Coste, seria a terceira adaptação de 1984 para a BD publicada em Portugal em pouco menos de 1 ano. Esta diversidade de adaptações permite aos leitores se aperceberem melhor do trabalho e escolhas dos autores das bandas desenhadas que adaptam um romance.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Winston Smith trabalha no Ministério da Verdade, onde textos, filmes e livros são oficialmente «rectificados» para provar que o Partido tem sempre razão. Mas Winston anseia pela liberdade. A sua revolta interior contra o sistema é finalmente despertada quando se apaixona por Julia e ambos são atraídos para uma conspiração que visa derrubar o governo. No entanto, numa sociedade sob a vigilância omnipresente das câmaras e da Polícia do Pensamento, o Grande Irmão não tolera actos de desobediência ou rebelião…
1984, a célebre distopia de George Orwell, continua a interpelar-nos em toda a sua modernidade, questionando a nossa relação com a linguagem, o poder político e a liberdade de expressão.
Uma das obras mais importantes e de maior sucesso na literatura mundial, agora adaptada para banda desenhada.

Sybille Titeux de la Croix escreve livros desde os oito anos, o que não a impediu de estudar na École Nationale Supérieure des Arts Décoratifs. Também ensina crianças, lendo-lhes muitos livros, o que já lhe parece um trabalho a tempo inteiro. L’apparition, em 2005, é o seu primeiro argumento de BD publicado, ilustrado por Mikhaël Allouche. Para a série Les Poux, publicada em 2006, enquanto Allouche assina a solo o primeiro volume, de la Croix assina a solo o segundo. Desde 2015, escreve argumentos para bandas desenhadas ilustradas por Amazing Améziane.

Amazing Améziane, alimentado pelas bandas desenhadas de Frank Miller & Bill Sienkiewicz, pelos filmes de Bruce Lee e Sergio Leone, tudo isto envolvido pelos ritmos da soul dos anos 1966-76, Améziane (ainda não Amazing…) trabalha até ao fim de 2001 como ilustrador e designer gráfico. Tornando-se Amazing, depois de ter produzido sozinho as cento e oitenta páginas de Bag Men em seis meses, Améziane divide o seu tempo entre os seus projetos a solo e as bandas desenhadas com Sybille Titeux de la Croix. Muhammad Ali (best-seller do New York Times), escrito por Sybille, foi a sua primeira obra que conheceu edição nos EUA. Coassinaram igualmente Desperados Housewives, em 2017, L’Atelier des gueules cassées, em 2018, Miss Davis, em 2020, e 1984, em 2021.

1984 (baseada na obra de George Orwell)
Sybille Titeux de la Croix, Amazing Améziane
Editora: Cavalo de Ferro
Páginas: 240, a cores
Encadernação: capa dura
Dimensões: 280 x 210 mm
ISBN: 9789895646661
PVP: 24,99€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.