BD² – Base de Dados de Banda Desenhada

Jean-Louis Tripp

Nascimento: 4 de fevereiro de 1958
Naturalidade: Montauban, França

Desenhador, argumentista e colorista, inicia-se na BD no fanzine Presse Pirate em 1975. Segue-se uma colaboração com a Métal Hurlant em 1977. O seu primeiro álbum, Le bœuf n’était pas mode, foi publicado em 1978. Depois de três títulos na Futuropolis com Marc Barcelo, lança na MIilan a série Jacques Gallard, onde os segundo e terceiro tomos Soviet Zigzag e Zoulou Blues obtiveram no Festival Internacional de BD de Angoulême o prémio da imprensa e o prémio do público em 1987 e 1988. A partir de 1990, começa um período de criação dedicado ao design, escultura, pintura, reportagens de desenho e literatura juvenil.

O ano de 2002 marca o regresso à banda desenhada com o Le Nouveau Jean-Claude (argumento de Tronchet). Em 2003, é professor convidado para a Universidade de Quebec e desenha Paroles d’anges, começando em 2006, com Régis Loisel, a série Armazém Central. Esta saga, publicada pela Casterman, tem nove volumes e três nomeações no festival de Angoulême. Em 2016, inicia uma colaboração com a revista Pandora, editada pela Casterman. Em 2017, inicia a sua série autobiográfica, Extases, cujo primeiro volume foi adaptado ao teatro.

Publicações em Portugal

Séries

Início | Autores | Editoras Nacionais | Editoras Originais | Séries de BD

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.