De Horácio Gomes.

O Coração na Boca, editado pela Escorpião Azul, marca, o regresso do autor Horácio Gomes (que tem também trabalhos assinados com o heterónimo Jacques Creswell ou, simplesmente, Horácio) à publicação de banda desenhada portuguesa.

A primeira BD curta do autor surgiu em 1989 no número zero do fanzine Klarabóia (as primeiras 4 páginas da BD “Canto de Mundo”). No entanto, até 1997 é a pintura que tem o seu foco de atenção, atividade que lhe granjeou algumas distinções.

É com a publicação de Na Pele do Urso, n.º 7 da coleção Planeta Comix da Polvo, em 1999, que ganha notoriedade na BD. A sua BD curta “A Iniciação de Tintin” é publicada no n.º 22 do fanzine Tertúlia Bdzine de Geraldes Lino, à qual se segue outra BD curta, “Lesbo Raver”, inicialmente exposta em Lisboa na Cena d’Arte 1999 e, posteriormente, disponibilizada enquanto webcomic.

No final de 2000, inicia outra atividade, a de editor, com a fundação da Nova Comix. Até 2006, esta editora publica os livros A Canção do Viajante do seu heterónimo Jacques Creswell, Eat & Spit de Isabel Carvalho e O Paraíso é Uma Merda de James Kochalka, bem como o primeiro número da revista Carne Viva (da sua autoria) e 3 números do boletim aperiódico Vinheta Sónica.

Em 2006, a BD curta do autor “Quero Um Cão na Minha Cama” é publicada na BDVoyeur #1 (Pedranocharco). Segue-se uma BD curta publicada no fanzine Efeméride #6: Heróis de BD no Século XXI – Parte 2 de Geraldes Lino, em 2014. Sete anos depois – e 11 anos após o seu início -, a sua banda desenhada mais extensa, O Coração na Boca, é finalmente publicada.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Um pai que se separa da mãe da sua única filha, vê-se perante o problema de iniciar uma vida nova, numa fase laboral precária. Porém, a resolução de um problema maior impõe-se: como ajudar a sua filha, que ainda não completou quatro anos de idade, a compreender que ele não saiu de casa por causa dela? Em qualquer caso de separação conjugal, não é o mundo dos adultos que desaba, mas sim o mundo das crianças, sobretudo quando, ainda numa idade tão tenra, a sua percepção do mundo está concentrada na vida em comunhão com os pais na casa onde todos habitam.

Horácio Gomes (n. 16 de maio de 1968, em Lisboa) frequentou o curso técnico-profissional de Imagem e Comunicação Audiovisual na Escola Secundária António Arroio, com especialização na área de Cinema. Desde 1989, ilustrou artigos e crónicas em jornais e fanzines; expôs em diversos eventos na área de pintura. Abandonou a pintura em 1997. Até 2006, dedicou-se a escrever argumentos e a ilustrar os seus livros de BD. Fundou também a editora de BD Nova Comix. Nesse período, foram publicados os seus livros Na Pele do Urso (Polvo, 1999), A Canção do Viajante, que assinou como Jacques Creswell (Nova Comix, 2001), e Carne Viva n.º 1 (Nova Comix, 2006). Após um interregno de quatro anos, em 2010 abraçou de novo a nona arte e iniciou a criação de O Coração na Boca.

O Coração na Boca
Horácio Gomes
Editora: Escorpião Azul
Páginas: 136, a cores
Encadernação: capa mole
Dimensões: 17 x 24 cm
ISBN: 978-989-54874-5-5
PVP: 22,00€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.