De Marcello Quintanilha.

O 30.º volume da coleção Romance Gráfico Brasileiro da Polvo conta novamente com uma obra de Marcello Quintanilha, sendo a oitava do autor publicada no nosso país. A banda desenhada foi originalmente editada no Brasil pela editora Veneta, em julho de 2021.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse:

Mãe solteira, nascida e criada em uma comunidade do Estado do Rio, a enfermeira Márcia vem a travar uma verdadeira batalha doméstica para disciplinar sua filha, a insubordinada Jaqueline. Apesar do auxílio do seu companheiro Aluísio, padrasto da garota, tudo parece inútil: Jaqueline não aceita submeter-se a nada que a impeça de sair por aí e fazer o que quiser, sem dar satisfações a ninguém. Porém, quando a jovem se vê envolvida até ao pescoço com o crime organizado, Márcia estará disposta a chegar às últimas consequências para livrá-la dessa enrascada. Quer Jaqueline queira, quer não. Munido de uma paleta de cores fortes e do seu estilo único de construir diálogos, Marcello Quintanilha conseguiu outra vez: Escuta, Formosa Márcia é um suspense familiar emocionante, surpreendente e inequivocamente brasileiro.

Marcello Quintanilha nasceu em Niterói, Brasil, em 1971. Começou, ainda adolescente, por desenhar histórias sobre artes marciais com o pseudónimo de Marcello Gáu. Mais tarde, em 2003, envolve-se na série “Sept balles pour Oxford”, para uma editora belga, com argumento do argentino Jorge Zentner e do espanhol Montecarlo. Estabelece-se, a partir de 2002, em Barcelona. Ilustrações suas surgem desde então nos jornais espanhóis “El País” e “Vanguardia”. Ao mesmo tempo, continua a produzir álbuns para o público brasileiro. Em 2005 foi dado à estampa “Salvador”. Seguiram-se “Sábado dos meus amores” (2009), “Almas públicas” (2011), “O ateneu” (2012), “Tungstênio” (2014), “Talco de vidro” (2015) e “Hinário nacional” (2016) e “Luzes de Niterói” (2018). “Escuta, Formosa Márcia” é o seu mais recente trabalho, depois de se ter estrado no romance com “Deserama” (2020).
A edição francesa de “Tungsténio” foi premiada no Festival Internacional de Banda Desenhada de Angoulême (França) de 2016. Ainda em 2016 vence, no Brasil, um HQMix (categoria “Destaque Internacional”) pelas edições portuguesas de “Tungsténio” e “Talco de vidro”. Dose repetida um ano depois. “Tungsténio” originou um filme.

Escuta, Formosa Márcia
Marcello Quintanilha
Editora: Polvo
Páginas: 128, a cores
Encadernação: capa mole com badas
Dimensões: 26 x 19 cm
ISBN: 978-989-9084-02-5
PVP: 22,90€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.