Matthieu Bonhomme é a mais recente confirmação na Comic Con Portugal 2021.

O autor estará no evento de 10 a 12 de dezembro, no Parque das Nações, em Lisboa, no painel Matthieu Bonhomme: O Homem que reinventou Lucky Luke.

Matthieu Bonhomme formou-se em Artes Aplicadas e iniciou-se na BD como assistente de Christian Rossi, o desenhador que substituiu Jean “Moebius” Giraud como desenhador da série Jim Cutlass. A sua estreia na banda desenhada dá-se em 2002 com três álbuns, dois desenhados por si – Victor & Anaïs e o primeiro volume de Le Marquis d’Anaon – e um terceiro que conta também com o seu argumento – L’Âge de la Raison.

Para além da totalidade dos volumes da série Le Marquis d’Anaon, tem desenhado as séries Messire Guillaume, Texas Cowboys e Charlotte Impératrice, bem como o álbum Omni-visibilis. É completamente da sua autoria a série Esteban e dois álbuns da série Lucky Luke (vu par…).

Entre outros prémios, foi galardoado com o Prix Saint-Michel de l’Avenir/Prix Iris (Le Marquis d’Anaon – Tomo 1, em 2002), Alph-Art du Meilleur Premier Album no Festival de Angoulême (L’Âge de raison, em 2003), Prix Intergénérations no Festival de Angoulême (Messire Guillaume – Tomo 3, em 2010), Prix Saint-Michel du Meilleur Album (O Homem que Matou Lucky Luke, em 2016) e Prix du Public Cultura do Festival de Angoulême (O Homem que Matou Lucky Luke, em 2017).

Obras publicadas em Portugal

SOBRE O AUTOR |

Rodrigo Ramos
Rodrigo RamosAdministrador
É administrador do site. Licenciado em Informática, agrega no Bandas Desenhadas dois mundos que adora - a web e a banda desenhada.