BD² – Base de Dados de Banda Desenhada

Christian Cailleaux

Nascimento: 1967
Naturalidade: La Garenne-Colombes, França

Após estudar Letras e Filosofia, frequenta a École nationale supérieure d’arts de Paris-Cergy. Ilustrador (imprensa infantil, revistas de viagens e generalistas) e publicitário, viajou muito por África, onde animou inúmeros ateliês de desenho numa quinzena de países desse continente. Esta sua experiência servirá de tema de fundo à sua primeira publicação profissional na área da banda desenhada, em 1993 e 1994, com as aventuras de Arthur Blanc-Nègre (Dargaud), dois álbuns com argumento de Sallé.

Posteriormente, durante um período de 10 anos, assina a solo o argumento e os desenhos da maior parte das suas obras, como os álbuns Haëllifa (Dargaud, 1997), Harmattan, le vent des fous (Dargaud, 1998), Le Café du Voyageur (Treize Étrange, 2000) e Le Troisième Thé (Treize Étrange, 2002). A trilogia Les Imposteurs, publicada entre 2003 e 2005, é a sua primeira contribuição para o catálogo da Casterman.

Após duas viagens à Índia, em 2005 e 2006, as suas experiências neste novo continente são relatadas na BD Tchaï Masala, publicada em 2007 pela Treize Étrange. Ainda sobre viagens e locais remotos, publicou em 2008, em colaboração com o escritor Bernard Giraudeau, um álbum intitulado R97 – Les Hommes à la Terre (Casterman).

Em 2009, é publicada Piscine Molitor (Dupuis), com argumento de Hervé Bourhis, a que se segue Les Longues Traversées (Dupuis, 2011), com argumento de Bernard Giraudeau. Em 2015, é publicado um novo álbum a solo, Embarqué! Carnets marins dans le jardin du commandan (Futuropolis). Em 2017, a Dupuis publica o integral Jacques Prévert n’est pas un poète, com argumento de Bourhis, concluindo assim o díptico de que só tinha publicado a primeira parte em 2014.

Gramercy Park, com argumento de Timothée de Fombelle (Gallimard, 2018) recebe nomeações para os prémios de Angoulême, ACBD e Eisner. Em 2018, o autor embarca para o Vietname para uma residência artística a bordo do navio de exploração Tara, sendo publicado nesse ano pela Dupuis Cahiers de la mer de Chine, À bord de la goélette scientifique Tara.

Em 2020, codesenha com Étienne Schréder o 27.º volume de Blake e Mortimer, O Grito de Moloch, com argumento de Jean Dufaux.

Obras publicadas em Portugal

Séries

  • Blake e Mortimer

Início | Autores | Editoras Nacionais | Editoras Originais | Séries de BD

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.