BD² – Base de Dados de Banda Desenhada

Daniel Maia

Nascimento: 24 de janeiro de 1978
Naturalidade: Lisboa, Portugal

Inicia-se cedo em BD com fanzines DIY a partir dos treze anos e estreia-se no jornal O Ardina #3 – Suplemento de BD (1993), com desenhos na Crash! #1 (1995), revistas DC e Marvel da Controljornal (1995-1996) e noutros fanzines a solo. Em 1995, cofunda o primeiro grupo de autores portugueses de comics, o Fantasia Estúdios, que desenvolve o 1º universo ficcional português, o Fantasiverso. No ano seguinte, no salão ExpoBD’96, que organiza no Liceu Jorge Peixinho (Montijo) autoedita o seu primeiro álbum, Compêndio (1996).

Frequenta o curso Técnicas Narrativas, coordenado por Diniz Conefrey no Centro de Arte Moderna – Centro de Imagem e Técnicas Narrativas/Fundação Gulbenkian (1995) e os cursos de Desenho da Sociedade Nacional das Belas Artes (1998-2000) e de Design Visual no IADE- Faculdade de Design, Tecnologia e Comunicação da Universidade Europeia.

Publica BD e ilustração em anuários, revistas e fanzines, com destaque para as rubricas “Um Dia na Vida,” escrita por Pedro Boucherie Mendes, na MaxMen (2003-2004); “Escutas Telefónicas,” escrita por Filipe Homem Fonseca, no jornal O Inimigo Público (2003); e “Krash!,” escrita por Nuno Duarte, na revista Kulto (2005). É referenciado (como Daniel Silva) no Dicionário dos Autores Portugueses de Banda Desenhada e Cartoon (1999) e na Larousse de la Bande Dessiné (2004).

No início do milénio, foi dos primeiros autores portugueses a publicar nos EUA, através da “Spotlight Gallery” da revista-catálogo Previews #8 (2001), bem como no webcomic Dark Age (2002) e comic Jon Pay, P.I. #2 (2003). De seguida, é contratado pela Platinum Publishing para produzir uma BD com Steven Grant (2003-2004) e, pela The Pack/Thomas Nelson, para desenhar uma adaptação da série DuddleyTown, de Bodie Ingelvie (2006-2007); ambos os projetos foram descontinuados.

Em Portugal, edita o seu segundo álbum, Pão-de-Law: A Primeira Fornada (2005), pelo selo Arga Warga, e  coordena as antologias All-Girlz (2006-2009), o Ciclo de Homenagem a Robert E. Howard no Tertúlia BDzine (2006-2009) e o webcomic em modo cadavre exquis Cadáver Esquisito! (2006-2015).

Neste período, contribui com artigos, críticas e estatística editorial para Bedeteca de Lisboa, BDesenhada, Central Comics e BDjornal, integrando também júris de concursos de BD e prémios, enquanto trabalha em publicidade para as multinacionais Saatchi & Saatchi, McCann-Erikson, Euro RSCG, BBDO e outras. Integrou o estúdio Tasca da Animação (2005) e o Estúdio Hydra (2007-2009).

Após prestar assistências gráficas em comics durante 2012 e 2013, integra a agência Chiaroscuro Studios (2013) e desenha em X vol.3: Siege, da Dark Horse Comics (2014). Entre 2016 e 2020, contribui para os Yearbook da Chiaroscuro Studios, com destaque para a banda desenhada Dias de Horror (2017) e o álbum bilingue Universal Declaration of Human Rights: An Illustrated Book (2020).

Paralelamente, ilustra a série O Infante Portugal (2010-2012), por José de Matos-Cruz, e adapta o herói à banda desenhada em O Infante Portugal em Universos Reunidos (2017), que liga a trilogia ao spin-off Aurora Boreal e O Princípio Infinito (2017-2018), que igualmente ilustra. No mesmo ano, cria o herói-mascote do colégio St. Peter’s School, Super-Peter.

Em 2019, cocria com Susana Resende, artista responsável pela cor, as antropomorfizações das estações do ano que figuram nas nomeações dos Prémios Bandas Desenhadas. Também cofunda o coletivo Tágide e edita o fanzine antológico Outras Bandas, bem como coordena várias iniciativas de BD, tais como os projectos de tributo “Além Lino” (2019) e Tágide: Heróis Portugueses (2020-2021).

Colabora nas antologias Virar a Página (2020), com Marco Fraga Silva, A Matter of Right: The Future of Justice (2021), com Travis e Liliana Johnson (argumento) e Susana Resende (meios-tons), e Aurora Boreal em Reflexos Partilhados (2022), por José de Matos-Cruz e com vários artistas. Participa ainda na antologia ilustrada Os Contos mais Épicos de Conan (2021), pela editora Saída de Emergência.

Em 2022, publica CoBrA: Operação Goa, pela Ala dos Livros, com argumento de Marco Calhorda, bem como Mala-Posta, em parceria com Daniel Henriques e Susana Resende, pela Câmara Municipal de Montijo.

As suas BD foram expostas em mais de 60 exposições em Portugal, Espanha, Reino Unido, República Popular da China e Bélgica.

Relativamente a prémios, vence o concurso de desenho Art9/Livraria 9.ª Arte (1995) e 3.º Prémio & Prémio da Crítica Especializada para Artista Revelação em concurso de BD da BDmania/AmadoraBD (1995). Foi ainda premiado com os Troféus Central Comics para Melhor Desenho (2006), Melhor Publicação Independente (2010) e Melhor Obra Curta (2018) e foi editor de três BD premiadas nesta última categoria. Em 2009, foi o único autor português entre os doze premiados na busca mundial de talentos da Marvel Comics.

Banda Desenhada publicada em Portugal

One-shots

  • Capitão & Rebelde #1 – ed. autor, 1992
  • CoBrA: Operação GoaAla dos Livros, 2022
  • Compêndio – ed. autor, 1996
  • Dalton: Integral – Arga Warga, 2016
  • O Espírito #1 – ed. autor, 1991
  • Guardiões Lusitanos – ed. autor, 1994
  • Hep7eto # 1- ed. autor, 1995
  • O Infante Portugal em Universos Reunidos – Arga Warga/Kafre, 2017
  • Mala-Posta – Câmara Muncipal do Montijo, 2022
  • Orfeu #1 – ed. autor, 1997
  • Pão-de Law: A Primeira Fornada – Arga Warga, 2005
  • Super Peter: Family Day – St. Peters’ Press, 2017

Séries

  • Aardvark
    • #4 – Oficina Insana, 1996  (“Bebé Jonas”)
  • O Ardina
    • #3 – Liceu Jorge Peixinho, 1993 (“Carnaval”)
  • BDLP
    • #5 – Extractus/Olindomar, 2015 (“Ultra-Violeta”)
  • BD-in-Fólio
    • #1 – Pedranocharco, 1998 (“A Malta – Prólogo”)
  • BDzona
    • #0-1 – Fantasia Estúdios, 1996 (“Rajada”)
  • Bizarro
    • #4 (n.º 3) – Oficina Insana, 1997 (“Direcção de Colisão”)
    • #12 (n.º 4) – Oficina Insana, 1998 (“Slash!” e “A Queda”)
    • #24 (n.º 5) – Oficina Insana, 2000 (“Macabro”)
  • Boletim do Clube Português de Banda Desenhada
    • #90 – CPBD, 1996 (“Mulher na Peça” e “Kitten”)
  • Dalton
    • #1-4 – ed. autor, 1992-1993
  • Juvebêdê
    • #32 – Juvemédia, 2005 (“Lx XL”)
    • #33-34 – Juvemédia, 2005 (“O Deus dos Tubos”)
  • Lua de Prata
    • #3 – Atelier Toupeira, 2002 (“Homenzinhos Verdes” e “Menage à une Million”)
  • Net Comix Zine
    • #2 – ed. Nuno Catarino, 2000 (“Actéon”)
  • Outras Bandas
    • #1 – Tágide, 2019 (“Aurora Boreal e A Primeira Dança”)
    • #3 – Tágide, 2020 (“Ossadas do Ofício” e “Além Lino”)
    • #4 – Tágide, 2021 (“O Círculo”)
    • #6 – Tágide, 2021 (“Morcegos”)
  • Phylactère
    • #22-23 – Dr. Kartoon, 2001 (“O Dia da Endívia”)
  • Sketchbook
    • #1 – AJCOI-BD, 2005 (“Hunter”)
  • Tertúlia BDzine
    • #73-74 – Tertúlia BD de Lisboa, 2003 (“Aquaguy” e “Homenzinhos Verdes”)
    • #82-84 – Tertúlia BD de Lisboa, 2004 (“A Infame Pão-de-Law” e “Ruptura na Permutação”)
    • #106-107 – Tertúlia BD de Lisboa, 2006 (“Red Sonja: As Duas Torres” e “Crónicas de um Bárbaro”)
    • #141 – Tertúlia BD de Lisboa, 2009 (“Sailor Steve Costigan em Titãs de Hong Kong”)
    • # 187 – Tertúlia BD de Lisboa, 2003-2019 (“Além Lino“)
  • Venham +5
    • #2  – Bedeteca de Beja, 2006 (“Um Dia na Vida da Pão-de-Law” e “BoiBravo”)
    • #5 – Bedeteca de Beja, 2008 (“Lx XL – redux”)

Participação em antologias de banda desenhada

  • Atelier de Técnicas Narrativas: Curso de BD – Fundação Calouste Gulbenkian, 1996 (“Perigo Imediato”)
  • Aurora Boreal em Reflexos Partilhados – Kafre/Arga Warga, 2022 (“Dança dos Espectros”)
  • Catálogo 13.º FIBDA – CNBDI/C. M. Amadora, 2002 (“Um Conto Crítico de Natal”)
  • Catálogo ExpoBD’96 – Liceu Jorge Peixinho, 1996 (“Tabitna”, “Mulher na Peça” e “Bebé Jonas”)
  • O Convidado: Apocalipse Club – ed. autores, 1999 (“Enter Miss Áurea”)
  • O Dia em que… Comic Jam vol.1 – Tertúlia BD de Lisboa, 2016
  • Fantasia Estúdio: Portefólio – Fantasia Estúdios, 1995 (“Gennan”)
  • Fenacerci: Pirilampo Mágico 20 Anos – Fenacerci, 2006 (“Pirilampo Mágico: 20 Anos”)
  • Virar a Página – ed. André Morgado, 2020 (“Quim e Manecas dão cabo do Covid-19”)

Início | Autores | Editoras Nacionais | Editoras Originais | Séries de BD

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.