Segundo tomo por Emmanuel Moynot.

No dia 8 de fevereiro, concomitantemente com Nestor Burma: A Noite de Saint-Germain-des-Prés, é distribuído mais um volume desta série, o segundo da autoria de Emmanuel Moynot, com o título O Sol Nasce Atrás do Louvre.

Trata-se da adaptação do romance homónimo de Léo Malet, originalmente publicado em 1954, tendo sido o primeiro volume do ciclo Les Nouveaux Mystères de Paris. Este romance foi também adaptado à televisão através da série Nestor Burma, com o protagonista a ser interpretado por Guy Marchand, mais concretamente no 1.º episódio da 2.ª temporada, realizado por Joyce Buñuel.

Quanto à presente banda desenhada, foi editada originalmente pela Casterman em 2007, constituindo o 6.º volume da série dedicada ao “detetive que mete o mistério K.O.”.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Janeiro de 1954, no «ventre» de Paris, o mítico mercado de Les Halles.
Nestor Burma vai à procura de um dos seus clientes regulares, que subiu à capital para andar na ramboia – coisa que a esposa só moderadamente aprecia. Mas aquilo que aparenta ser um simples inquérito de rotina não tarda a azedar com a descoberta dum primeiro cadáver. Um inquérito do detetive de choque no 1.º arrondissement da capital.

Léo Malet
Nasceu a 7 de março de 1909, em Montpellier. Realizou vários trabalhos, experimentou a difícil arte de compositor antes de fundar um cabaré. Continuou a trabalhar em campos tão diversos quanto improváveis, apaixonou-se cada vez mais pelo surrealismo e conheceu André Breton. A pedido de um amigo, escreveu o seu primeiro romance policial em 1941, criando a série Johnny Metal
Nestor Burma entrou em cena em 1943 e quinze dos seus romances constituem o ciclo Les Nouveaux Mystères de Paris. Léo Malet faleceu em 1996, deixando para a posteridade uma obra entre o surrealismo e o thriller.

Emmanuel Moynot 
Nasceu em Paris, em 1960. Depois de se destacar na fanzine PLG e, posteriormente, na Viper, publicou o seu primeiro álbum, L’Enfer du Jour, na Glénat, em 1983. Em 1989, regista uma viragem na sua carreira com o álbum La Pension des Deux Roses, na editora Magi -Strip. Começou, então, uma colaboração frutífera com Dieter, em Le Temps des BombesQu’elle Crève la Carrogne!, e, depois, nos dois volumes de Nord-Sud (Dargaud).
Na Casterman, assina Bonne Fête Maman!, Pendant que Tu Dors, Mon Amour e A Quoi tu Penses?, antes de se iniciar em 2005 na série Nestor Burma. Em 2013, adaptou L’Homme Qui Assassinais Sa Vie, de Jean Vautrin.

Veja o vídeo para saber mais:

Nestor Burma: O Sol Nasce Atrás do Louvre (baseada na obra de Léo Malet)
EMMANUEL MOYNOT
Editora: Gradiva
Páginas: 72, a cores
Encadernação: capa dura
Dimensões: 22,5 x 29,7 cm
ISBN:  978-989-785-115-5
PVP: 16,50€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.