A Vingança do Conde Skarbek

A Vingança do Conde Skarbek

Edição Integral

A editora Arte de Autor publica a banda desenhada A Vingança do Conde Skarbek, escrito por Yves Sente e ilustrado por Grzegorz Rosinski. Esta obra foi originalmente publicada em França em 2 volumes, em janeiro de 2004 e novembro de 2005, pela Dargaud. A edição integral em português conta ainda com um caderno de extras.

Quanto ao site Bandas Desenhadas, congratula a editora Arte de Autor em decidir apostar na publicação nacional desta obra após termos publicado o artigo “Rosinski, o Eterno Inovador“.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Estamos em 1843. A Vingança do Conde Skarbek narra, num díptico maravilhosamente encenado por Grzegorz Rosinski, as tribulações românticas de um pintor, Louis Paulus, de regresso do exílio. Sob a identidade do Conde Skarbek, o pintor volta a Paris para confundir um famoso negociante de arte, Daniel Northbrook. Para isso, ele usará os “talentos” de sua antiga musa, a bela Magdalene. Flashbacks e testemunhos pontuam o julgamento cheio de reviravoltas que abrangerão os dois álbuns.

Yves Sente nasceu em Bruxelas em 1964.
Com 6 anos de idade, Yves Sente descobre o álbum Tintin no Congo e, aos 11 anos, A Marca Amarela.
Em 1983, termina o curso na American High School Chicago. Em 1986, obtém o diploma em Direito e publica alguns cartoons. Foi chefe de redação das revistas Hello BDJet, Kuifje (o Tintin holandês) e diretor editorial das Éditions du Lombard.
Em 1997, sob anonimato, envia à Dargaud um argumento para a série Blake e Mortimer. Não demorou muito tempo até a identidade deste talentoso argumentista ser descoberta.
Em 2000, é publicado o 14.º álbum da série Blake e Mortimer –  A Conspiração Voronov, com argumento de Y. Sente e desenho de A. Juillard, que foi muito bem recebido pelo pelo público e pela crítica.
O autor confirma o seu talento de argumentista com A Vingança do Conde Skarbek, desenhado por Rosinsky, pelo qual recebe em 2005 o Prix Meilleur Scénario da Chambre Belge des Experts en Bandes Dessinées. Por proposta de Jean Van Hamme, assume depois Thorgal, também com Rosinsky, e Les mondes de ThorgalKriss de Valnor, ilustrado por Giullio De Vita. Continua as histórias de Blake e Mortimer com André Juillard, começando também a série O Guardião, com François Boucq.
Em 2011, deixa as funções na Dargaud-Lombard para se dedicar em exclusivo à escrita, depois de lhe ser confiado por William Vence o novo ciclo de XIII, com Iouri Jigounov. No final de 2017, lança Il S’appelait Ptirou pela Dupuis com Laurent Verron, e Cinq Branches de Coton Noir, com Steve Cuzor.
Em Novembro de 2018, com Peter van Dongen e Teun Berserik, cria uma Aventura no Oriente de Blake e Mortimer: Ameaça em Hong Kong, o primeiro tomo de O Vale dos Imortais.

Grzegorz Rosiński nasceu em Stalowa Wola (Polónia) em 1941.

Em 1967 gradua-se na Faculdade de Belas Artes de Varsóvia. Estreia-se na banda desenhada em 1698, sendo publicado na Polónia. Em 1976, é o criador e primeiro director artístico da Relax, a primeira revista polaca especializada em banda desenhada.

Em 1976, conhece Jean Van Hamme. Deste encontro nascerá a mundialmente famosa série Thorgal, publicada pela primeira vez na revista Tintin em 1977. Em 1980, começa uma nova série, escrita por Jean-Paul Duchâteau, Hans. Entre 1986 e 1987, cria com Van Hamme O Grande Poder do Chninkel. De 1993 a 1998, desenha os quatro primeiros títulos (1.º Ciclo) da série de fantasia As Fábulas das Lendas Perdidas, escrita por Jean Dufaux. Em 2001, volta a reunir esforços com Van Hamme e lançam o one-shot Western.

Para mais informações, ver o vídeo:

Para subscreveres o canal DOC DOC TV, clica aqui.

A Vingança do Conde Skarbek
Yves Sente & Grzegorz Rosiński
Editora: Arte de Autor
Páginas: 128, a cores
Encadernação: capa dura
Dimensões: 235 x 310 mm
ISBN: 978-989-9094-09-3
PVP: 29,95€

Deixa um comentário