3 zines, 1 livro sobre BD e 1 baralho de cartas ilustrado.

No ano em que o zine Mesinha de Cabeceira comemora os 30 anos de existência, a Chili Com Carne tem-se mostrado bastante ativa na edição de novos números. Nos últimos meses, editou mais 3 números, totalizando em 7, até ao momento, os número do zine editados em 2022.

1. Casal de Santa Luzia – Matilde Basto

Casal de Santa Luzia, da autoria de Matilde Basto, é o 34.º número do Mesinha de Cabeceira, tendo sido impresso em risografia. Trata-se de uma crítica sociológica e urbanística à cidade de Lisboa

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Este Mesinha de Cabeceira foi impresso em risografia. Carambinha, o MdC também sabe andar na moda mesmo com 30 anos de existência!! E não é só sobre… gatos! Casal de Santa Luzia é realmente mais do que isso. Matilde Basto (2001) vai mais longe nesta banda desenhada para criticar uma cidade – Lisboa, que não haja dúvidas – que se vende ao metro quadrado sem qualquer enquadramento ecológico ou sociológico. O ambiente da BD entra em algo de Fantástico – lembra superficialmente o início da série Gideon Falls – sem nunca entrar numa aventura sci fi espectacular. Se há fogo de artifício esse passa pela mix-art da autora. BD de 48 páginas mais ou menos A5, impressa uma cor (verde) em risografia e uma capa a duas cores, é mais um fascículo deste zine que comemora os seus 30 anos, sendo que a obra foi realizada no âmbito de um estágio não-explorador da London College of Communication entre Março e Maio 2022.

Para mais pormenores, ver o vídeo:

Para subscreveres o canal DOC DOC TV, clica aqui.

Mesinha de Cabeceira #34: Casal de Santa Luzia
MATILDE BASTO
Editora: Chili Com Carne
Páginas: 48, a uma cor
Dimensões: A5
Encadernação: agrafado
PVP: 8,00€


2. Lúcidos, Sãos & Determinados – Luís Barreto

O 35.º número do Mesinha de Cabeceira intitula-se Lúcidos, Sãos & Determinados, sendo da autoria de Luís Barreto. Trata-se de uma compilação, ao estilo de um best of, das bandas desenhadas da webseries Danny & Arby

Eis a sinopse da editora:

O novo Mesinha de Cabeceira do Luís Barreto compila as melhores BD da sua série para a gen ZDanny & Arby. São episódios do quotidiano urbano-depressivo das pequenas cidades, com referências musicais, freak outs e humor de janado, garantimos pelo menos uma (1) expiração forte pelo nariz durante a leitura e pelo menos uma (1) aproximação da página à cara para tentar perceber “mas que raio é que este gajo desenhou aqui?” Co-edição Associação Chili Carne e Culectivo Feira, limitada a meros 80 exemplares por falta de papel nas gráficas, mesmo assim são 40 páginas em papel amarelo, capa a cores, um luxito que vai desaparecer enquanto o diabo esfrega o olho! Estes “Lúcidos” é o número 35 do Mesinha que ao comemorar os seus 30 anos de existência fez um “back to basics” que não se subscreve apenas em fazer “small press” mas sobretudo publicar futuros grandes autores de BD! Sobre o autor: Luís Barreto (Porto; 1997) vive em Santo Tirso e trabalha num armazém. Tem um mestrado em Tradução sendo portanto um auto-didacta na música e BD, áreas por onde se expressa artisticamente. A sua banda O Triunfo dos Acéfalos já passou no Portugal Fashion (!), o disco OX foi considerado um dos 50 melhores discos portugueses do ano 2020 por uma revista espanhola (!!) e tocaram na primeira Marcha LGBT de Esposende (!!!). No número de Setembro sai a sua colaboração na secção Será a caneta mais poderosa que a espada? no Monde Diplomatique pt, novamente usando Danny & Arby, a virem-se com os “Apanhados da TVI”.

Para mais pormenores, ver o vídeo:

Mesinha de Cabeceira #35: Lúcidos, Sãos & Determinados
LUÍS BARRETO
Editora: Chili Com Carne | Culectivo Feira
Páginas: 40, a preto em papel amarelo
Dimensões: 21 x 14,5 cm
Encadernação: agrafado
PVP: 5,00€


3. Smash the Control Images – 40 Ladrões

O mais recente Mesinha de Cabeceira é o #36, intitulando-se Smash the Control Images. É da autoria de 40 Ladrões, contendo material retirado do zine Ce ci n’est pas une bite de canard (ed. autor, 2014), bem como outro material inédito. 40 Ladrões utiliza a técnica de colagem para construir as suas bandas desenhadas.

Eis a sinopse da editora:

A Frrrrrança tem o Samplerman, os gringos o Christopher Sperandio… em Portugal temos o 40 Ladrões também ele a vasculhar o inDUSTriaLIXO da BêDê e a colocar desCOOLonização mental. Parte dos trabalhos já tinham aparecido no zine Ce ci n’est pas une bite de canard (2014) e o “40” também participou no Pentângulo. Já sabem são 30 anos de existência do Mesinha de Cabeceira em 2022, este zine faz parte das comemorações!!

Para mais pormenores, ver o vídeo supracitado para o número anterior do Mesinha de Cabeceira.

Mesinha de Cabeceira #36: Smash the Control Images
40 LADRÕES
Editora: Chili Com Carne
Páginas: 36 páginas, 4 delas a cores
Dimensões: 18 x 24,5 cm
Encadernação: agrafado
PVP: 6,66€


4. The Reading Gaze: “My” Comics – Domingos Isabelinho

Para além dos zines da Mesinha de Cabeceira, a Chili Com Carne editou um livro sobre banda desenhada, da autoria de Domingos Isabelinho, intitulado The Reading Gaze – “My” Comics. Esta antologia de ensaios do autor encontra-se em língua inglesa, bem como a sinopse, que optámos, então, por não traduzir.

Eis a sinopse da editora:

These essays were originally published, in a slightly different form, in the magazines Satélite Internacional (Oporto, 2005) and L’indispensable (Nîmes, 2011), Indy Magazine online site (USA, 2004) and on the blogs The Crib Sheet (Portugal, 2008-10, 2015) and The Hooded Utilitarian (USA, 2010-11, 2013).
The index of the book includes the following themes: WHAT IS A COMICS FAKE, THE EXPANDED FIELD OF COMICS AND OTHER PET PEEVES, THE ORIGIN’S MYTH, CARICATURE, THE BLIND MEN AND THE ELEPHANT, UT PICTURA POESIS, SOME CONSIDERATIONS ABOUT THE GRAPHIC NOVEL, BRUNO LECIGNE ON THE MIXING UP OF THE LANGUAGES, COMICS THEORY AND CRITICISM, ANA HATHERLY, JACQUES CALLOT, THE CANTICLES OF SAINT MARY, FRANS MASEREEL, KATSUSHIKA HOKUSAI, OTTO DIX, PABLO PICASSO, MARTIN VAUGHN-JAMES, ALAN DUNN, ROBERTO ALTMANN  and FRANCIS BACON.
“It was February 24, 2004, 08:27 AM, on the Comics Journal Messboard.” This is the first phrase of my blog, The Crib Sheet. What happened at that particular day and particular hour was that I, fed up with the accusation of not liking comics, decided to write a list of my favorite ones. With that list my answer was: I like comics, I just don’t like the same comics you like. This is the genesis and explanation of this book’s subtitle, “My Comics.” On the other hand, if you insist that I don’t like comics because what’s in this book are not precisely cartoonists, don’t worry, I like them too, they’re just not here yet because I divided the comics corpus in two: The Extended Field and The Restrict Field. This book is, then, an anti-essentialist stance, a cry of freedom from India Ink on board, if you like… – Domingos Isabelinho
Domingos Isabelinho was born in Lisbon in 1960.  He contributed to the magazines Nemo, Quadrado, Satélite Internacional, Splaft!, various catalogs of the Porto, Lisbon, Amadora comics conventions (Portugal), The Comics Journal, The International Journal of Comic Art (U.S.A.), L’indispensable (France), European Comic Art (UK). He also wrote the preface to one of the latest editions of Guido Buzzelli’s book I Labirinti (Italy). He co-curated a Buzzelli exhibition in Lisbon and an exhibition of his original art collection in the Beja Comics Convention (Portugal).  He wrote twenty three entries in the book 1001 Comics You Must Read Before You Die (UK). In 2012 he was invited to the seminar Aesthetics of Contemporary Comics in Oslo (Norway).

The Reading Gaze – “My” Comics
DOMINGOS ISABELINHO
Editora: Chili Com Carne
Páginas: 156, a preto e branco
Dimensões: 16,5x23cm
Encadernação: capa mole
PVP: 20,00€


5. It’s You – Amanda Baeza (2.ª edição)

Em janeiro de 2020, a autora de banda desenhada Amanda Baeza coeditou, em conjunto com a Chili Com Carne e a editora letã Kuš!, It’s You. Trata-se de um baralho de cartas, ou melhor, de uma galeria de 85 retratos criados pela autora a partir de imagens encontradas na internet, celebrando a diversidade humana e uma miríade de ações e sentimentos. Com um esquema compositivo e cromático próximo do clássico Tarot de Marselha, essas imagens foram transformadas num baralho oracular, pronto a ser empregue de forma livre pelos seus utilizadores.

Cerca de 2 anos e meio depois – e após a edição já ter esgotado -, surge a 2.ª edição destas cartas de oráculo ilustradas, com direito a uma nova cara. Foram feitas duas versões, uma castelhano com a editora  Fulgencio Pimentel, e outra em inglês com a Kuš!, sendo a versão em inglês a que se encontra disponibilizada em Portugal.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

It’s You
AMANDA BAEZA
Editora: Chili Com Carne | Kuš! (inglês); Chili Com Carne | Fulgencio Pimentel (castelhano)
Cartas: 85, a cores
Caixa: a cores
Dimensões: 10,5 x 6 cm
PVP: 15,00€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de Sousa
Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.