As Nomeações do 4.º Trimestre de 2022 dos Prémios Bandas Desenhadas.

Como tínhamos anunciado, desvendamos hoje a quarta lista de Nomeados da 4.ª edição dos Prémios Bandas Desenhadas. As obras elegíveis para as Nomeações de Outono são as constantes dos relatórios mensais referentes ao 4.º trimestre do ano do site Bandas Desenhadas, bem como as adições relativas a esse período posteriormente realizadas nos relatórios seguintes até à presente data. Apesar das exaustivas avaliações, não foi possível aceder à totalidade das obras publicadas nesse período, estando salvaguardado o direito de poder vir a considerá-las para as Nomeações Extemporâneas finais.

O júri deliberou em nomear a banda desenhada Elviro de Paulo J. Mendes, editada pela Escorpião Azul, para a categoria de Melhor Publicação Nacional com Distribuição Comercial, atendendo ao equilíbrio verificado entre o argumento e ilustração da obra, confirmando o autor como um dos grandes nomes da banda desenhada portuguesa após o seu livro de estreia, O Penteador. A obra Elviro foi também nomeada para as categorias de Melhor Argumento e Melhor Ilustração em Obra Nacional.

Quanto à categoria de Melhor Publicação Nacional com Distribuição Alternativa, os jurados foram conquistados pela obra Companheiros na Penumbra, da autoria de Nunsky, editada pela Chili Com Carne.

Para a categoria de Melhor Antologia, o júri nomeou a obra H-Alt #12, com trabalhos de Marcello Bondi, Emanuel Dema, Mateus Boga, Marco Fraga da Silva, Miguel Garcia, Riccardo Sciarra, Riccardo Rubegni, Rick Alves, Jeff Dyer, Vladimir Kuzmanov, Agonia Sampaio, Andrea Lassere, Bruno Farinelli, Mauricio Lima, Angel de Oliveira, Sergio Magallanez, Maria J. Costa, Miguel Santos, Edgar Ascensão, Luís Sousa, Sandro Leonardo, Keven Rocha, Nietzche Pop, Beatriz Gusmão, Nuno Duarte, José Bandeira e Samir Karimo, editada pela H-Alt. Quanto à Melhor Banda Desenhada Curta em Antologia, o júri nomeou também uma BD desta antologia, nomeadamente “The Monster” de Marcello Bondi, Riccardo Sciarra e Riccardo Rubegni.

Quanto às publicações estrangeiras, após muita deliberação, a nomeação para a Melhor Publicação Estrangeira foi para A Adopção vol. 1: Qinaya | A Garua, da autoria de Zidrou e Arno Monin, editada pela Ala dos Livros. A obra conquistou ainda o júri para a nomeação na categoria de Melhor Argumento em Obra Estrangeira.

Quanto à nomeação para Melhor Ilustração em Obra Estrangeira, muitas obras foram veras candidatas. O júri elegeu Ascender vol. 3: O Mago Digital, ilustrada por Dusntin Nguyen e editada pela G. Floy.

A obra As Aventuras de Lucky Luke segundo Morris vol. 10: A Arca de Rantanplan, da autoria de Jul e Achdé, editada pela ASA, foi nomeada para Melhor Publicação de Humor.

Por seu lado, O Castelo dos Animais, da autoria de Xavier Dorison e Félix Delep, editada pela Arte de Autor, foi a escolha do júri para a Melhor Série de Publicações.

Os jurados nomearam para a categoria de Melhor Edição, a obra Noir Burlesco vol. 1, da autoria de Enrico Marini e coeditada pela Arte de Autor e A Seita.

Por fim, para a categoria de Melhor Reedição, foi nomeada a obra Death Note Black Edition V, da autoria de Tsugumi Ohba e Takeshi Obata, sendo esta edição especial publicada pela Devir, editora também responsável pela publicação inicial da obra no nosso país.

Apresenta-se de seguida a lista completa das Nomeações dos Prémios Bandas Desenhadas 2022:


Próximas Datas

Nomeações Extemporâneas dos Prémios Bandas Desenhadas 2022

Entretanto, continuamos a trabalhar na 4.ª edição dos Prémios Bandas Desenhadas, referentes às obras publicadas em 2022. Como é habitual, a data de anúncio das nomeações extemporâneas mantém-se a 22 de fevereiro de 2023. Estas nomeações finais, as Nomeações Extemporâneas, contemplam obras editadas entre 01 de janeiro e 31 de dezembro de 2022, avaliadas pelos jurados após o anúncio dos nomeados do trimestre a que as mesmas digam respeito. Deste modo, assegura-se a possibilidade de contemplar obras que, por questões de acessibilidade ou de outra ordem logística, foram alvo de apreciação após o trimestre em que foram publicadas. Relembramos os editores e autores que a data-limite para a receção das obras editadas em 2022 é o dia 15 de fevereiro de 2023. Para qualquer esclarecimento, podem entrar em contacto com o nosso site.

Nomeações de Inverno dos Prémios Bandas Desenhadas 2023

Entretanto, já nos encontramos a trabalhar na 5.ª edição dos Prémios Bandas Desenhadas, referentes às obras publicadas em 2023. Como é habitual, a data de anúncio dos nomeados referentes às obras publicadas no 1.º trimestre de 2023 mantém-se a 22 de abril. Relembramos os editores e autores que a data-limite para a receção das obras editadas entre 01 de janeiro e 31 de março de 2023 é o próximo dia 15 de abril. Para qualquer esclarecimento, podem entrar em contacto com o nosso site.

SOBRE O AUTOR |

Susana Figueiredo
Susana FigueiredoGestora de conteúdo
Médica e leitora compulsiva, no Bandas Desenhadas assumiu funções da reportagem e da crítica.