A edição definitiva

Madoka Machina, é uma minissérie da autoria de André Pereira, que na sua totalidade, é composta por seis números de 16 páginas, compostos por dois ou três capítulos cada um, num total de 96 pranchas a preto e branco. A sua versão original foi publicada entre outubro de 2015 e maio de 2018 pela Polvo.

Esta nova versão integral da chancela MASSACRE, com o apoio da Chili Com Carne, reúne a minissérie original, uma história solta publicada na antologia All Watched Over By Machines and Loving Grace e um conjunto de cerca de 30 páginas exclusiva desta publicação.

A apresentação do livro está agendada para o dia 18 de fevereiro, na livraria Tinta nos Nervos, com a presença do autor, o restante colectivo Massacre e de Marcos Farrajota.

Está também patente na livraria Tinta nos Nervos, a exposição Sísifo na Planície, de André Pereira, que reúne um significativo conjunto de pranchas originais, cadernos de esboços e storyboards relativos ao universo de Madoka Machina. A exposição pode ser visitada até ao dia 4 de março.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse:

A IV Revolução Industrial já passou. O acesso à magia democratizou-se com aplicações de smartphone e o plano etéreo abriu-se finalmente ao mercado: todos nascem iguais e com acesso à Aether.net.
Leonor é um dos vértices de uma tríade amorosa de jovens adultos a tentar fazer pela vida num mundo pós-Unificação. Com o Estado chutado para canto juntamente com as antigas linhagens aristocráticas, Leonor vai deslizando pelos anos, procurando, entre a letargia e o desassossego, interpretar as vontades da única constante na sua vida: o Homem Invertido.

André Pereira residiu na Figueira da Foz durante a sua infância e juventude. Aos 18 anos, migrou para Lisboa para estudar Arquitetura, tendo-se licenciado em 2010.

Após a produção do zine Enjoo de Invocação, em colaboração com João Machado, funda, juntamente com mais três amigos, a chancela Clube do Inferno.

Para além da Clube do Inferno, tem obras suas publicadas em Portugal pela Polvo, Chili Com Carne, Kingpin, Ao Norte, Montesinos, Carne e Osso, Imvencible Comics e Façam Fanzines e Cuspam Martelos, entre outras, bem como na letã kuš!, como autor a solo ou em antologias.

Foi galardoado com o Prémio Nacional de Banda Desenhada do festival Amadora BD 2014 na categoria Melhor Álbum de BD Português numa Língua Estrangeira com o livro Safe Place (Kingpin).

Em 2020 fundou o colectivo MASSACRE com Hetamoé e Mao, contribuindo com a peça em serigrafia Reforma Agrária para a exposição inaugural do grupo, a “Loot Box”.

É ainda editor da chancela de zines Erva Daninha e professor no Ar.Co.

Os leitores interessados devem entrar em contacto com o coletivo através do e-mail msscr2099@gmail.com.

The End of Madoka Machina
André Pereira
Editora: MASSACRE
Páginas: 152, preto e branco
Dimensões: 180 x 260 mm
PVP: 15,00€

SOBRE O AUTOR |

Rodrigo Ramos
Rodrigo RamosAdministrador
É administrador do site. Licenciado em Informática, agrega no Bandas Desenhadas dois mundos que adora - a web e a banda desenhada.